Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Empate em Manchester adia título histórico do Leicester

Após o 1 a 1 com o Manchester United, equipe inglesa pode conquistar o inédito troféu sem entrar em campo na segunda-feira, em caso de tropeço do vice-líder Tottenham

O Leicester City terá de esperar mais um pouco – talvez muito pouco – para concretizar o seu conto de fadas no Campeonato Inglês. A equipe do técnico Claudio Ranieri empatou em 1 a 1 com o Manchester United, no Estádio Old Trafford, e ainda não garantiu matematicamente o seu primeiro título em 132 anos de história.

A espera, porém, pode terminar já nesta segunda-feira, quando o vice-líder Tottenham enfrenta o Chelsea fora de casa. Caso o segundo colocado na tabela não vença a partida, o Leicester já garante a conquista histórica sem jogar. Mesmo que o título não venha amanhã, o time ainda tem outras duas chances: contra o Everton em casa e contra o Chelsea, fora.

LEIA TAMBÉM:

Leicester City, um pequeno grande time

Técnico ganhará R$ 33,8 mi se equipe for campeã

O jogo – Empurrado pela torcida, o Manchester United desprezou toda a expectativa criada sobre o possível título do Leicester e foi para cima do rival nos primeiros minutos. E logo aos sete minutos a torcida dos visitantes e seus novos fãs lamentaram o gol marcado por Martial. O francês completou cruzamento de Valencia e venceu o goleiro Schmeichel.

Mas o gol não intimidou o destemido Leicester, que jogava sem o atacante Jamie Vardy, suspenso. Em um quase lotado Old Trafford, pintado de vermelho, o time de azul foi para o ataque e reequilibrou a partida rapidamente. Após duas boas chances no ataque, o time visitante buscou o empate aos 16 minutos. Drinkwater cobrou falta na área e o zagueiro e capitão Morgan escorou para as redes.

A partida continuou equilibrada no segundo tempo, com o goleiro De Gea trabalhando bem para segurar o ímpeto do líder do campeonato. Pelo time da casa, Martial preocupava a defesa visitante. Com a expulsão de Drinkwater já no final da partida, o Leicester recuou e contou com duas grandes defesas de Schmeichel para segurar o empate.

(Com Estadão Conteúdo)