Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Emanuel está otimista e se sente mais jovem com Alison

Por Paulo Favero

Londres – Aos 37 anos, Emanuel vai disputar pela quinta vez o torneio olímpico de vôlei de praia nos Jogos de Londres, mas garante que não se sente um veterano. Nesta segunda-feira, o experiente o jogador declarou que não sente a diferença de 12 anos para o seu companheiro, Alison, de 25, que nunca participou de uma Olimpíada. “Aprendi a jogar junto com Alison e isso me deixou mais jovem”, disse.

Emanuel foi medalhista de ouro nos Jogos de Atenas, em 2004, e conquistou o bronze há quatro anos, em Pequim. O jogador, porém, revelou que a decepção na Olimpíada de Sydney, em 2000, quando chegou como favorito com Loiola, mas parou nas oitavas de final, o levou a quase deixar o esporte. “Até pensei em parar de jogar. A gente achava que era favorito e as coisas não deram certo”, disse.

Em busca do seu segundo título olímpico, Emanuel chega aos Jogos de Londres credenciado pela liderança do ranking mundial do vôlei de praia. E ele garantiu que a preparação com Alison está sendo positiva. “Fizemos um ciclo muito bom”, disse. “O segredo do sucesso é o planejamento. Estamos evoluindo a cada treino”, completou.

Os últimos dias em Londres tem sido de calor, o que agrada a Emanuel. O jogador, porém, ressalta que as condições climáticas não farão diferença durante a disputa do torneio olímpico de Vôlei de praia. “As coisas estão sendo bem melhores do que esperávamos. Falavam de frio e muita chuva”, disse.

“Disputamos outras etapas (do Circuito Mundial de Vôlei de Praia) com frio e chuva e isso não muda nada. Se venta, venta para os dois lados. A gente tem que se adaptar em cada condição”, comentou.

Emanuel também festejou a decisão do Comitê Olímpico Brasileiro de ter alugado o Crystal Palace, clube que serve como centro de treinamento dos atletas do País para a Olimpíada de Londres. “A quadra olímpica ainda não foi aberta. Enquanto as outras duplas não treinam, nós já tivemos dois dias de preparação”, comemorou.

O torneio olímpico de vôlei de praia começa no próximo sábado. Cabeças de chave do Grupo A, Alison e Emanuel vão enfrentar o brasileiro naturalizado suíço Bella, ao lado de Heuscher, e as duplas Lupo/Nicolai, da Itália, e Doppler/Horst, da Áustria, na fase inicial.