Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em vídeo, Liedson oficializa sua saída do Corinthians

Por Fábio Hecico

São Paulo – O atacante Liedson oficializou nesta quarta-feira, por meio de um vídeo distribuído por sua assessoria, a sua saída do Corinthians. O jogador queria renovar o seu contrato, que vence no próximo dia 31, com o time por mais dois anos e se aposentar com a camisa corintiana, mas a diretoria do clube propôs um novo acordo com vigência apenas até o final desta temporada, além de uma redução salarial, condições não aceitas pelo atleta.

Antes titular absoluto, Liedson vinha convivendo com muitos problemas físicos nos últimos tempos e acabou indo parar na reserva. Porém, conseguiu ajudar o time na campanha do título da Copa Libertadores, após viver boa temporada em 2011, na qual foi artilheiro do time no Campeonato Paulista, com 11 gols, e no Brasileirão, com 12 bolas na rede, sendo decisivo nas rodadas finais que definiram o pentacampeonato corintiano.

“Na vida tudo tem um ciclo, e o meu ciclo no Corinthians está chegando ao fim. Agradeço à torcida, que sempre me apoiou e gritou o meu nome, à comissão técnica, à diretoria e aos jogadores. Obrigado, nação corintiana, obrigado, Fiel”, afirmou Liedson, para se despedir da torcida corintiana.

A provável saída de Liedson do Corinthians ficou ainda mais evidente após o clube acertar a contratação do atacante peruano Paolo Guerrero, que estava no Hamburgo, da Alemanha.E agora o jogador encerrou a sua segunda e muito provavelmente última passagem com a camisa do clube, pelo qual também foi campeão paulista em 2003.

Ao se despedir dos torcedores, Liedson garantiu que não se arrepende de ter aceitado a proposta feita para retornar ao Corinthians em um momento complicado vivido pelo time, que acabara de ser eliminado da Copa Libertadores pelo Deportes Tolima, no início do ano passado.

“Quando tive os primeiros contatos com o Corinthians para voltar ao clube, não pensei duas vezes. Tinha um carinho imenso pelo Corinthians e achei que estava na hora de voltar”, garantiu, lembrando que foi questionado pela diretoria do clube se tinha convicção de que seria uma boa hora de retornar em meio a um momento de crise.

“O Corinthians vivia um momento de muita pressão e me disseram: ‘O Corinthians está fora da Libertadores. Você tem certeza de que quer voltar?’. E eu disse: ‘Se não ganharam este ano, vou colaborar para o time ir para a Libertadores e ganhar no ano que vem'”, enfatizou, antes de ressaltar que foi campeão brasileiro e depois da Libertadores de “forma invicta”.

Liedson fez a sua última partida pelo clube contra o Sport, em Recife, logo após a conquista da Copa Libertadores diante do Boca Juniors, e desde então vinha treinando no campo e realizando apenas trabalhos na academia do clube. No confronto diante do time pernambucano, que terminou em 1 a 1, o atacante marcou o gol corintiano.