Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em sua estreia, atacante da Lusa nota ‘insegurança dos são-paulinos’

Na sombra da estreia do goleiro Dida, o atacante Diego Viana também fez sua primeira partida pela Portuguesa na vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo pelo Campeonato Brasileiro. Feliz com seu debute, o atleta também pode reparar na atmosfera da equipe rival, avaliando que o clima são-paulino era de insegurança.

‘Eu senti insegurança nos jogadores do São Paulo por conta das críticas. Fiquei surpreso com a atitude da torcida. Os jogadores sentiram, todos se acostumam com a torcida apoiando. Mas a gente não tinha nada a ver com isso, aproveitamos o momento ruim deles e merecemos a vitória’, analisou o jogador de 29 anos.

O atleta também comentou sobre a sensação de estrear pela Portuguesa no Canindé. ‘Eu senti um friozinho na barriga. Fiquei muito feliz de chegar e, tão pouco tempo depois, já poder estrear pela Lusa. Por isso, tentei mostrar vontade, raça e ganhar de qualquer maneira’, declarou.

Viana também falou sobre o outro estreante da noite, Dida. ‘O Dida e eu ficamos juntos na concentração. Ele é um profissional exemplar. No jogo ele estava tranquilo, mas louco pra voltar. Fez um jogo ótimo, muito seguro, sempre orientando muito o time. Ele vai acrescentar muito à Lusa’, comentou.

A Portuguesa ocupa a 12posição do Campeonato Brasileiro de Série B com sete pontos conquistados. No domingo, às 16 horas (de Brasília), a equipe paulista enfrenta o Santos pela sétima rodada da competição.