Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em reunião, Adriano garante nova postura no Corinthians

Por Vítor Marques

São Paulo – Uma reunião entre a diretoria do Corinthians e o atacante Adriano, após o treino desta quinta-feira no CT do Parque Ecológico, definiu a permanência do jogador, que tem contrato até junho. O atleta, porém, será punido em 20% do seu salário por ter faltado ao treinamento de terça-feira. Na ocasião, ele alegou que foi para o Rio celebrar o aniversário da mãe, Rosilda, na segunda à noite, e não conseguiu voltar a tempo.

Como Adriano é reincidente, o caso ganhou grande repercussão, a ponto de a torcida cantar que “a paciência acabou” durante o amistoso de quarta à noite, contra a Portuguesa, no Pacaembu. Dentro do próprio clube havia quem defendesse a saída imediata do atacante.

Durante a reunião com a diretoria, porém, Adriano garantiu que se comprometerá mais com o clube. “Ele se desculpou e disse que, daqui pra frente, o comprometimento será maior. Disse que não vai acontecer novamente e que vai treinar mais forte e buscar seu lugar na equipe. Todos vocês (jornalistas) viram o trabalho na pré-temporada”, disse Roberto de Andrade, presidente em exercício do Corinthians, em entrevista coletiva após a reunião.

“Fizemos uma conversa com o Adriano e, como eu disse a vocês ontem (quarta), essa conversa ia ser mais ouvir que falar. Na realidade, queria ouvir dele o que ele quer para o futuro em relação ao Corinthians e ele disse que quer ficar e que o futuro está no Corinthians”, contou Andrade.

Adriano tem concorrência forte em busca de um lugar na equipe titular do Corinthians. Além dele, o técnico Tite conta com Liedson, Jorge Henrique, Emerson, Willian, Bill, Gilsinho e Elton – os dois últimos foram contratados para esta temporada.