Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em nota, Rebelo promete continuar a trabalhar em harmonia com a CBF

Aldo Rebelo se manifestou sobre a renúncia de Ricardo Teixeira à presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) através de um comunicado oficial. Na nota, o ministro do Esporte se mostrou disposto a ter José Maria Marin, novo mandatário da principal entidade do futebol brasileiro, como seu aliado na organização da Copa do Mundo de 2014.

Veja galeria de fotos

Ministro já havia se esquivado

‘Diante do anúncio da nova liderança do Comitê Organizador Local (COL) para a Copa do Mundo de 2014, o Ministério do Esporte reafirma sua determinação de continuar cooperando com a entidade responsável pela organização do Mundial. Seguiremos trabalhando em harmonia para o êxito das tarefas comuns necessárias ao sucesso do evento’, afirmou Rebelo, nesta segunda-feira.

Mais cedo, durante a divulgação do programa Bolsa-Atleta, o ministro do Esporte já havia se esquivado de polêmicas com a CBF ao declarar que não tinha nenhum poder para interferir em uma entidade privada. Recentemente, Rebelo se irritou publicamente com Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, que recomendou um ‘chute no traseiro’ do Brasil em prol da celeridade das obras para receber a Copa do Mundo de 2014.