Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Em má fase, Washington pode ser afastado no ABC

Por Da Redação 11 jun 2012, 16h57

A derrota para o Ceará na última sexta-feira pode determinar novos rumos no ABC. Pelo menos no ataque. O atacante Washington, maior contratação da equipe nordestina no ano, pode ser colocado para treinar separadamente.

O centroavante, que acumula passagens por Palmeiras, Sport, Portuguesa, Náutico e Ceará, tem apenas seis gols em 2012. Com o maior salário do elenco, cerca de R$ 50 mil, Washington marcou somente uma vez nessa Série B, de pênalti, no empate contra o Ipatinga na primeira rodada, e tem ficado no banco desde o início do campeonato.

Há pressão no clube para que o jogador seja negociado rapidamente, antes que ultrapasse o limite de seis jogos para poder atuar em outra equipe no Brasileiro. O atacante já foi utilizado em quatro oportunidades pelo técnico Márcio Goiano na competição. No Frasqueirão, porém, a diretoria nega a possibilidade de afastamento de Washington.

‘Não tem nada disso. Não conversei com o atleta sobre saída, dispensa ou empréstimo e nem mesmo sobre ele treinar separado do grupo’, garantiu o diretor de futebol, Flávio Anselmo.

Em 2010, Washington participou da campanha do rebaixamento do Ceará, quando foi o vice-artilheiro da equipe. O atacante jogou 33 partidas e marcou 8 gols com a camisa do Vozão.

Continua após a publicidade
Publicidade