Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em má fase, Santos e Flamengo empatam sem gols

O time carioca dominou o jogo no Morumbi, mas teve um pênalti não marcado no primeiro tempo e perdeu um gol aos 47 do segundo

Com a Vila Belmiro e o Pacaembu cedidos à Fifa, o Santos recebeu o Flamengo no Morumbi, em São Paulo, para um jogo sem gols neste domingo. A partida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro foi dominada pelo Flamengo, que apesar da má fase do Santos não conseguiu marcar nenhum gol. O frio atrapalhou e pouco mais de 7 000 pessoas pagaram ingressos.

O Santos vem de uma derrota para o Atlético-MG e um empate com o Goiás. Com oito pontos, a equipe é a 12ª colocada do campeonato. Cícero, que está de saída para o Fluminense, pediu para não jogar contra o Flamengo. Geuvânio foi expulso e está fora da partida contra o Bahia nesta quinta-feira, em Feira de Santana.

O Flamengo, por sua vez, está há quatro jogos sem vencer. Apesar da escalação defensiva, foi melhor que o Santos e teve um pênalti não marcado no primeiro tempo. Com seis pontos, é o 15º na lista. Na quinta-feira, joga de novo no Morumbi, desta vez contra o Figueirense.

Leia mais: Corinthians marca 4 a 1 sobre o Sport

Sem Mena, Cícero, Gabriel, Thiago Ribeiro e Leandro Damião, Oswaldo de Oliveira teve que organizar o Santos com o restante da equipe. Escalou Lucas Lima no meio e um ataque com Victor Andrade, Geuvânio e Stéfano Yuri. Do outro lado, o Flamengo jogou com três volantes e apenas um armador.

A expectativa para o jogo era baixa e nos 15 primeiros minutos nenhum dos times criou nada. Quando o ataque do Flamengo funcionou, Paulinho lançou e Negueba errou. O atacante, que passou desapercebido pelo Morumbi na temporada passada, era o mais perigoso em campo. Aos 22 minutos, arriscou um chute de longe e cruzou uma bola para Everton, que mandou para fora.

No segundo tempo, o Santos melhorou. Paulo Victor pegou dois chutes difíceis de Lucas Lima e Victor Andrade. Com João Paulo no lugar de Samir, Ney Franco restabeleceu a ordem no Flamengo e o time voltou a mandar na partida. Paulinho teve duas boas oportunidades, mas perdeu ambas. Geuvânio deu um carrinho por trás em João Paulo e foi expulso. Mesmo com um a mais, o Flamengo assustou pouco. Aos 47 minutos do segundo tempo, Paulinho lançou da pequena área, mas perdeu a chance de fazer um belo gol.