Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em jogo tenso, Palmeiras vence Paysandu de virada

Após levar dois gols e ter um jogador expulso, time paulista faz três — o terceiro aos 49 minutos do segundo tempo

O jogo deste sábado entre Palmeiras e Paysandu tinha tudo para ser uma partida morna e despretensiosa antes da estreia do time paulista na Copa do Brasil, na próxima quarta-feira. O que os 17.000 torcedores presentes no estádio do Pacaembu viram, no entanto, foi bem diferente: um jogo tenso, com direito a troca de socos entre os jogadores, e um exemplo de superação do Palmeiras, que continua líder da Série B do Brasileiro. Após estar perdendo por 2 a 0 e ter Wesley expulso por brigar com adversários, os anfitriões conseguiram virar a partida com um gol aos 49 do segundo tempo, atingindo sua sexta vitória seguida.

Durante o primeiro tempo, o Palmeiras teve uma atuação sonolenta, com direito a muitos erros de passe e espaço aberto na defesa. Assim, Pablo abriu o placar para o Paysandu aos 14 minutos da primeira etapa. O time paulista voltou melhor do intervalo, mas foi surpreendido por Yago Pikachu, que aumentou a diferença no placar aos 21 minutos do segundo tempo.

Aos 28 minutos, Alan Kardec marcou o primeiro gol do Palmeiras – o que foi insuficiente para conter o nervosismo de sua equipe. Apenas três minutos depois, uma falta dura provocada por Vanderson em Wesley desencadeou uma confusão generalizada, que levou a troca de socos envolvendo até jogadores reservas. Como consequência, Wesley e Fábio Sanches, zagueiro do Paysandu, foram expulsos.

Aos 39 minutos, Mendieta acertou um chute de longe, empatando o jogo. Mesmo com a partida chegando ao final, ainda houve tempo para mais confusão, com o goleiro Marcelo acertando um chute na barriga de Alan Kardec.

Já na prorrogação, aos 49 minutos, o atacante Leandro aproveitou bate-rebate na área para jogar a bola nas redes e, em um dos últimos lances da partida, assegurar a vitória de seu time. Após a tensa partida, o Palmeiras atinge 40 pontos e permanece na liderança da segunda divisão nacional. Já o Paysandu segue na zona de rebaixamento.

(Com agência GazetaPress)