Clique e assine com até 92% de desconto

Em jogo movimentado, Atlético-GO arranca empate no fim ante o Ceará

Por Da Redação 11 set 2011, 17h57

Em jogo franco e bem jogado, principalmente no primeiro tempo, Ceará e Atlético-GO viram seus goleiros protagonizarem belas defesas, e acabaram empatando com um gol no final de cada tempo. Primeiro, Egídio, após tentativa de cruzamento que entrou direto na meta atleticana, abriu o placar, mas Felipe, aos 42 da segunda etapa, empatou após confusão na área.

Com o resultado, o Vovô fica com 27 pontos, perdendo a chance de se afastar da zona de rebaixamento. Enquanto isso, o Dragão segue com a excelente campanha sob o comando de Hélio dos Anjos, com 30 pontos, se firmando no meio da tabela de classificação da competição.

Na próxima rodada, os cearenses viajam para São Paulo, onde enfrentam o Tricolor, no Morumbi, às 18h (de Brasília), no sábado. No mesmo horário, os goianos recebem o seu xará mineiro, no Serra Dourada.O Jogo – A partida começou a todo vapor, com o Ceará, de esquema novo e aproveitando muito bem o apoio ofensivo de seus alas, querendo se aproveitar do caldeirão do Presidente Vargas para abrir vantagem. E, logo com um minuto, o Vozão quase obteve sucesso.

Egídio desceu bem pelo lado esquerdo, limpou um adversário e levantou a bola na área. Thiago Humberto desviou e Washington cabeceou firme, no canto, mas acertou a trave de Márcio, que apenas olhou o lance. Aos 12, o mesmo Washington perdeu outra boa chance, chutando por cima após jogada de Osvaldo.

Mostrando personalidade e o bom momento do time, o Dragão reagiu e passou a dominar as ações. Aos 24, Ernandes arriscou de longe e a bola passou perto da trave. Seis minutos depois, Juninho deu belo drible no zagueiro e bateu firme para bela defesa de Fernando Henrique.

Porém, quando o adversário era melhor em campo, os anfitriões conseguiram o gol. Egídio tentou o cruzamento, mas a bola acabou indo direto para o gol. Márcio ainda tocou na bola, mas não evitou o tento, aos 38 minutos. Ainda antes do final, Ernandes teve boa chance, mas não conseguiu encobrir o goleiro do Vozão.

O bom ritmo de partida também marcou presença na segunda etapa. Nos primeiros dez minutos, uma chance para cada lado. Aos três, Bida cruzou e Anselmo cabeceou para boa defesa de Fernando Henrique. Aos nove, na resposta, Osvaldo aproveitou sobra e bateu cruzado, mas parou em Márcio.

O jogo, no entanto, diminuiu seu ritmo, com os dois times aparentando sentir o cansaço após os fortes 60 minutos de disputa. Mas, quando tudo parecia decidido, os visitantes conseguiram o empate. Gérson levantou na área, a zaga cortou e Felipe pegou firme no rebote para selar a igualdade.

Continua após a publicidade
Publicidade