Clique e assine a partir de 8,90/mês

Em jogo emocionante, Chiefs vira sobre 49ers e conquista o Super Bowl LIV

Comandada pelo jovem quarterback Patrick Mahomes, franquia de Kansas City derrota o time de São Francisco com virada no último quarto

Por Felipe Barbosa - Atualizado em 3 fev 2020, 00h50 - Publicado em 3 fev 2020, 00h09

Em partida emocionante no Hard Rock Stadium, em Miami, o Kansas City Chiefs venceu o San Francisco 49ers por 31 a 20 de virada, na noite desde domingo, 2, e conquistou, após 50 anos, o título do Super Bowl, que chegou à edição LIV em 2020.

A última e única conquista do Chiefs da NFL, principal liga de futebol americano no mundo, havia sido na temporada de 1969/1970 e foi pelas mãos do jovem quarterback Patrick Mahomes, de 24 anos, que o time conseguiu parar o forte ataque do 49ers, em duelo marcado por emocionantes viradas, e quebrar o longo jejum.

Mahomes, inclusive, se tornou o jogador mais jovem a ser escolhido MVP (Most Valuable Player) da NFL, o que aconteceu na temporada 2018/2019, e conquistar o troféu Vince Lombardi no ano seguinte. O jovem, além disso, também foi escolhido o MVP da edição número 54 do Super Bowl.

Como foi o duelo

A partida na quente Miami foi marcada por viradas. Jimmy Garoppolo, quarterback do San Francisco 49ers, até tentou em parceria com Deebo Samuel, que deu muito certo durante a temporada regular, mas a defesa de Kansas conseguiu impedi-los. O placar, no entanto, foi inaugurado com um field goal de 38 jardas, com o 49ers abrindo 3 a 0.

Na sequência, Mahomes entrou em cena e anotou o primeiro touchdown da franquia de Kansas City. Após fazer seu time chegar na linha de uma jarda, o próprio camisa 15 correu e marcou os primeiros pontos do Chiefs, virando a partida.

Logo depois, Garoppolo foi interceptado pela defesa de Kansas, que na sequência anotou um field goal de 31 jardas, aumentando a vantagem. O 49ers não deixou barato e conseguiu seu primeiro touchdown, com Kyle Juszczyk, para deixar tudo igual até o intervalo.

Continua após a publicidade

Ao voltar do vestiário, o San Francisco virou o confronto com um field goal de 42 jardas anotado por Robbie Gould. A defesa do 49ers, então, funcionou quando o Chiefs tentou atacar e Mahomes acabou errando um passe para Hill, o que resultou em uma interceptação de Fred Warner.

O time comandado por Garoppolo não desperdiçou a chance e, com a corrida de Mostert, anotou outro touchdown e aumentou a vantagem para 10 pontos (20 x 10).

A partida foi para o último quarto com o San Francisco na liderança. Mas foi aí que o talento de Patrick Mahomes apareceu. O camisa 15 lançou 44 jardas e dessa vez Hill conseguiu recepcionar. Na sequência da jogada, foi a vez de Travis Kelce receber e deixar o Chiefs perto da endzone. Mahomes, então, passou para Kelce, que anotou o touchdown e diminuiu a vantagem do San Francisc para três pontos.

Ainda com mais de 6 minutos a jogar, o San Francisco teve a chance de administrar e até aumentar a vantagem. Garoppolo não conseguiu completar nenhum passe e a bola voltou para as mãos de Mahomes. O jovem conseguiu bons passes e por mim deu para Damien Williams chegar a mais um touchdown. Outra virada e agora 24 a 20 para o Chiefs no placar.

Patrick Mahomes - Kansas City Chiefs (1)
Patrick Mahomes, quarterback do Kansas City Chiefs, conquistou seu primeiro Super Bowl aos 24 anos Maddie Meyer/Getty Images

A defesa do Kansas City sabia que devia impedir Garoppolo. E conseguiu. O quarterback do San Francisco não conseguiu o passe em uma terceira para 10 jardas e precisou forçar a quarta descida do meio do campo, o que não deu certo.

Kansas City Chiefs precisava apenas administrar a vantagem ou conquistar uma primeira descida para voltar a ser campeão após 50 anos. Williams, porém, correu 38 jardas e anotou mais um touchdown. Final da partida: San Francisco 49ers 20 x 31 Kansas City Chiefs, campeão do Super Bowl LIV.

Continua após a publicidade
Publicidade