Clique e assine a partir de 9,90/mês

Em jogo de duas viradas e sete gols, Vitória bate Paraná

Por Da Redação - 10 jul 2012, 23h21

Por AE

Salvador – Em partida aberta, com duas viradas e sete gols, o Vitória derrotou o Paraná por 4 a 3, no estádio Barradão, em Salvador, nesta terça-feira, e evitou que o adversário encostasse no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo foi válido pela abertura da décima rodada.

Com o resultado, o Vitória manteve a terceira posição, mas encostou no vice-líder América-MG, que também soma os mesmos com 22 pontos, mas com um jogo a menos. O Paraná, por sua vez, teve quebrada uma sequência de seis jogos sem derrota e caiu para o sétimo lugar, com 15 pontos, quatro atrás do primeiro time dentro do G-4, o América-RN.

Os times fizeram uma partida bastante aberta na primeira etapa, buscando o gol a todo momento. Mesmo com o gramado molhado pela forte chuva que caiu em Salvador, os donos da casa apostavam na velocidade e foi assim que saiu o gol do Vitória. Leilson aproveitou lançamento longo de Pedro Ken, venceu na corrida e tocou na saída do goleiro Luis Carlos, aos 22 minutos. O atacante havia acabado de entrar na vaga de Marco Aurélio, que saiu com uma lesão na coxa.

Continua após a publicidade

O gol acordou o time do Paraná, que passou a pressionar o adversário em busca do gol de empate, sempre comandados por Lúcio Flávio, que era o grande organizador do meio de campo paranista.

No segundo tempo, os times fizeram um jogo ainda mais aberto e o Paraná virou o marcador antes dos 15 minutos. Wendel, duas vezes – aos cinco e aos 12 minutos -, anotou para os visitantes. Primeiro aproveitando cobrança de escanteio de Wellington e depois pegando rebote do goleiro Douglas. Mesmo com a virada, os visitantes deixaram espaços atrás e permitiram a reação dos mandantes. Léo recebeu bom passe de Leilson, driblou o goleiro e mandou para as redes, aos 22.

A virada saiu em uma jogada de raça. Victor Ramos subiu mais que todo mundo e recolocou o Vitória na frente, aos 28 minutos. Em seguida, o gol do lateral-esquerdo Mansur, aproveitando passe de Neto Baiano, parecia que iria tranquilizar a partida para os baianos, mas não foi bem isso que aconteceu. Arthur, aos 36, recebeu lançamento longo e mandou de primeira para o gol, recolocando os visitantes na partida. O Paraná fez pressão até o final, mas não conseguiu o empate.

Pela 11.ª rodada, Vitória e Paraná voltam a campo na próxima terça. Os baianos enfrentarão o ASA, no estádio Coaracy da Mata, em Arapiraca (AL), às 19h30. No mesmo horário, o Paraná recebe o América-RN, no estádio Durival de Britto, em Curitiba.

Continua após a publicidade

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 4 x 3 PARANÁ

VITÓRIA – Douglas; Léo, Victor Ramos e Gabriel Paulista e Mansur; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Tartá (Eduardo Ramos); Marco Aurélio (Leilson)(Dankler) e Neto Baiano. Técnico: Paulo Cesar Carpegiani.

PARANÁ – Luis Carlos; Paulo Henrique, Anderson, Alex Alves e Fernandinho; Cambará, Luisinho (Nilson), Wellington (Marquinhos) e Lúcio Flávio (Lucas); Wendel e Arthur. Técnico: Ricardinho.

Continua após a publicidade

GOLS – Leilson, aos 22 minutos do primeiro tempo; Wendel, aos 5 e aos 12, Léo, aos 22, Victor Ramos, aos 28, Mansur, aos 35, e Arthur, aos 36 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Wendel, Victor Ramos, Pedro Ken, Uellinton, Douglas e Neto Baiano (Vitória); Luisinho, Anderson, Lúcio Flávio e Paulo Henrique (Paraná).

CARTÃO VERMELHO – Fernandinho (Paraná).

ÁRBITRO – Felipe Duarte Varejão (ES).

Continua após a publicidade

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Publicidade