Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em jogo atrasado, Grêmio e Santos miram vitória por ascensão

É hora de acertar as contas com o calendário. Grêmio e Santos se enfrentam nesta quarta-feira, às 20h30 (de Brasília), no estádio Olímpico, em jogo atrasado da 11rodada do Campeonato Brasileiro. Ocupando posições intermediárias na tabela de classificação do Brasileirão, os dois times encaram esta partida como uma oportunidade de alavancarem suas campanhas dentro da Série A do Nacional.

Enquanto o Tricolor Gaúcho tem como foco subir e se aproximar do grupo das equipes que se classificam para a próxima Copa Libertadores da América, o Peixe, atual campeão desse torneio, tem como único objetivo brigar pelo título do Brasileirão.Para isso, os santistas precisam voltar a vencer, como pediu o atacante Borges. ‘É possível sim (disputar o título), pois o Santos tem uma equipe de qualidade. Claro que para isso é preciso voltarmos a ganhar. Sabemos as dificuldade que teremos pela frente, com o forte apoio da torcida deles, mas estamos acostumados a jogar fora de casa’, afirmou.

Artilheiro da competição, com 19 gols marcados, o centroavante reencontra o Grêmio, seu último clube antes de se transferir para a Vila Belmiro. Apesar disso e de sua saída do Tricolor Gaúcho ter sido cercada de polêmica, Borges garantiu não guardar mágoa dos gremistas.

‘Não existe trauma, de maneira alguma. Eu tive uma boa média de gols no Grêmio, só que após a Libertadores a diretoria tinha interesse no Marquinhos. Foi bom para o Santos e para o Grêmio, mas é inegável que toda a vez que você joga contra a sua ex-equipe a partida tem um sabor especial’, comentou Borges, que tem parte de seus vencimentos mensais ainda paga pelos gaúchos.

Para esse importante compromisso, o técnico Muricy Ramalho tem uma importante ausência. O atacante Neymar, a serviço da seleção brasileira, que enfrenta a Costa Rica, na próxima sexta, em San José. Tanto a Joia quanto o meia Paulo Henrique Ganso, que segue se recuperando de lesão, estão fora deste duelo. O atacante colombiano Renteria e o volante Ibson brigam pela vaga de Neymar entre os titulares.

Em compensação, o veterano lateral esquerdo Léo, após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo na derrota para o Fluminense, está de volta ao time. O volante Arouca, cuja a filha Valentina, de 10 meses, teve problemas de saúde e teve que ser operada na última segunda, chegou a ter a sua participação no jogo contra o Grêmio ameaçada. Mas, como o estado clínico de sua filha já é melhor, Arouca estará em campo normalmente.

Com a ideia de vencer para habitar as primeiras posições da classificação, o Grêmio vê o confronto com o Santos como uma final. A partida é tida como a última oportunidade para os gaúchos manterem as esperanças de a equipe disputar a Libertadores na próxima temporada.

‘A gente vem pensando jogo a jogo. Vai ser uma decisão. Vamos encarar assim ganhando esse jogo vamos incomodar, vão começar a falar do Grêmio de outra maneira’, opinou o lateral Julio Cesar.

Somando três pontos, os gremistas chegarão aos 39 e ficarão a cinco do Fluminense, dono da última vaga para a principal competição do continente. Além da questão matemática, o time ganhará ânimo com duas vitórias consecutivas, no domingo a equipe aplicou 2 a 0 no Cruzeiro.

Dentro de campo, o técnico Celso Roth não mudará a equipe. André Lima, que ficou de fora da partida do fim de semana por dores no joelho, ficará no banco de reservas. Brandão seguirá como o centroavante do time.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO X SANTOS

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)

Data: 5 de outubro de 2011, quarta-feira

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)

Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (Fifa-RJ) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Rafael Marques, Edcarlos e Julio Cesar; Fernando, Fábio Rochemback, Marquinhos, Douglas e Escudero; Brandão

Técnico: Celso Roth

SANTOS: Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval e Léo; Henrique, Arouca e Elano; Renteria (Ibson), Alan Kardec e Borges

Técnico: Muricy Ramalho