Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Em Fortaleza, Santos usa reservas para encarar o Ceará

Por Da Redação 13 nov 2011, 07h56

Por Sanches Filho

Santos – O Santos vai aproveitar o jogo contra o Ceará, neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no estádio Presidente Vargas, para premiar com a viagem à Fortaleza alguns jogadores que estão perto de se despedir do clube, além de dar oportunidade de aparecer aos que ainda sonham com uma vaga na delegação que irá ao Japão, em dezembro, para disputar o Mundial de Clubes da Fifa.

Como ainda não está inteiramente recuperado do problema de hérnia de disco, nem Muricy Ramalho viaja. O treinador escalou o time, mas o seu auxiliar Tata será o comandante na partida. Ele ficou fora dos jogos contra o Botafogo, Flamengo e Atlético Paranaense e só voltou a dirigir a equipe na vitória sobre o Vasco, no domingo passado, na Vila Belmiro. O técnico já avisou que só voltará a embarcar em um avião no dia 5 de dezembro para viajar com o time para o Japão, em busca terceiro título mundial de clubes.

Em vez de Neymar, Paulo Henrique Ganso, Arouca e Borges, o bi estadual e campeão da Copa Libertadores da América será representado apenas por reservas. Alguns são jogadores que estão quase esquecidos no Centro de Treinamentos Rei Pelé, sem chance de disputar vaga na equipe da moda no futebol brasileiro. Eles apenas aguardam o encerramento da temporada para decidir o futuro.

O único destaque santista no jogo contra o Ceará será o meia Ibson, repatriado do futebol russo por R$ 9 milhões – a mais cara da história do clube -, que ainda não convenceu e sente que perdeu a oportunidade se firmar como titular por causa da lesão muscular na coxa esquerda que sofreu no dia 10 de agosto contra o Corinthians. Ao retornar, Alan Kardec tinha tomado o seu lugar, como terceiro atacante. Agora ele tenta recuperar o tempo perdido. E tem o apoio de Muricy Ramalho.

Alguns jogadores que enfrentam o Ceará neste domingo raramente são titulares, mas já estão garantidos na delegação que viajará ao Japão para disputar o Mundial. Um deles é Aranha, que será um dos três goleiros. Os zagueiros Bruno Aguiar e Vinicius Simon, o meia Felipe Anderson e o atacante Alan Kardec também deverão estar na lista dos 23 a ser divulgada no próximo dia 29.

Ao contrário de Leandro Silva, Eder Lima e Possebon, que não têm chance de entrar para o grupo do Japão, o garoto Anderson Carvalho acredita outra vez no destino para convencer Muricy Ramalho a apostar no seu futebol. “Se para alguns esse jogo contra o Ceará não tem importância, para mim é uma oportunidade para mostrar que tenho condições para fazer parte da lista dos que vão viajar para o Japão. Vou trabalhar sério, dar o máximo nesses jogos que restam e esperar pela decisão do professor”, disse o volante de 21 anos.

Continua após a publicidade
Publicidade