Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Em festa em Nova Délhi, Vettel recebe 2º troféu de campeão mundial de F-1

Por Da Redação 9 dez 2011, 16h48

Redação Central, 9 dez (EFE).- O piloto alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, recebeu nesta sexta-feira, em cerimônia realizada em Nova Délhi pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), o segundo troféu de campeão mundial de Fórmula 1 da carreira.

O presidente da FIA, o francês Jean Todt, foi o encarregado de entrega o troféu a Vettel, o bicampeão mais jovem a história da principal categoria do automobilismo.

Já o diretor esportivo da equipe austríaca, Christian Horner, recebeu das mãos do chefe da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, o troféu de vencedor do Mundial de Construtores, também obtido pela segunda temporada consecutiva.

O inglês Jenson Button (McLaren) e o australiano Mark Webber (Red Bull) foram premiados por terem sido segundo e terceiro colocados no ano, respectivamente.

‘Tive durante todo o ano o prêmio em minha casa e não queria devolvê-lo. Estou muito contente por poder ficar com ele por mais um ano. É difícil expressar com palavras o que sinto. A equipe se manteve muito concentrada durante todo o ano, e cometemos muito poucos erros. Agradeço a todos pelo esforço’, declarou Vettel durante a festa.

Enquanto em 2010 o alemão o campeonato apenas após a última corrida, em 2011, ele se manteve à frente desde a primeira corrida. Foram 11 vitórias obtidas no ano, a última no GP da Índia, e apenas duas provas em que ele ficou fora do pódio: Alemanha, em que foi quarto colocado, e Abu Dhabi, em que teve que abandonar logo na primeira volta.

Além disso, o piloto de 24 anos estabeleceu um novo recorde de pole positions em uma só temporada ao largar 15 vezes em primeiro lugar neste ano, superando as 14 alcançadas pelo inglês Nigel Mansell em 1992.

Durante a cerimônia de gala da FIA, também foram premiados os demais campeões, entre eles o francês Sebastien Loeb e seu copiloto, o monegasco Daniel Elena, campeões do Mundial de Rali pela oitava vez seguida. EFE

Continua após a publicidade

Publicidade