Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em exposição, a obra do mago do design automotivo, Giugiaro

Fiat Uno, VW Golf e o DeLorean DMC-12 estão entre as criações do italiano

Alguns dos carros mais populares no Brasil, como os Volkswagen Passat e Golf, e os Fiat Uno, Palio, Punto e Idea têm a mesma origem: a prancheta do designer italiano Giorgetto Giugiaro. Dono de um vasto currículo de projetos na indústria automobilística mundial, Giugiaro será homenageado com uma exposição em São Paulo, no Museu da Casa Brasileira – a mostra “Giugiaro: 45 anos de design italiano” vai até 31 de março e apresentará a trajetória do designer por meio de imagens, filmes e algumas de suas criações, entre elas os protótipos Aztec, de 1988, e Structura, de 1998.

De acordo com os organizadores, a exposição será dividida em módulos que incluem um documentário em vídeo sobre a carreira dos designers da família Giugiaro e da empresa fundada por Giorgetto, a Italdesign, os projetos icônicos criados por eles, e os detalhes do processo criativo compartilhado entre Giorgetto, de 75 anos, e seu filho Fabrizio. Ainda segundo o Museu, o objetivo da exposição é mostrar a importante contribuição dos Giugiaro na construção da identidade italiana do século 20, não só pelos trabalhos para a indústria automobilística mas também no desenvolvimento de diversos projetos ligados ao desenho industrial. Em outro ambiente do MCB, poderão ser vistas fotografias do alemão Helmut Newton e do americano Wayne Maser clicadas a partir dos automóveis assinados pelos Giugiaro.

Leia também:

Em nova exposição na Ferrari, a arte de Sergio Pininfarina

Sergio Pininfarina: designer da elegância automobilística

Morre Sergio Pininfarina, criador da Ferrari Testarossa

Mas a criatividade de Giugiaro não se limitou ao universo dos carros. Ele assinou outros objetos como a máquina de café expresso Emblema, a bola de basquete GL7, a máquina de costura Logica, a garrafa de água S. Bernardo Gocce, e a lavadora Moon. Os visitantes também poderão acompanhar o processo criativo dos Giugiaro em projetos de grande sucesso, como as câmeras Nikon série D e série F, e o trem de alta velocidade ETR 600 Frecciargento. Giugiaro desenhou ainda relógio para a Seiko, equipamento para a Apple e até um macarrão para a Barilla, maior fabricante italiano de massas – um tipo de fusilli capaz de reter maior quantidade de molho de tomate. E ainda eletrodomésticos, cosméticos, óculos, bicicletas, motos e barcos. Uma de suas criações ficou famosa nas telonas, no filme De Volta para o Futuro: o carro que leva Michael J. Fox ao passado é um DeLorean, que tem sua assinatura.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Serviço – “Giugiaro: 45 anos de design italiano”, Museu da Casa Brasileira (Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2.705), de 7 de fevereiro a 31 de março, terça a domingo das 10h às 18h. Preço: 4 reais e 2 reais (meia-entrada); entrada gratuita aos domingos e feriados.