Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Em estreia de Casemiro, Real Madrid vence Betis

Clube madrilenho garante 2ª posição, mas ainda está longe do Barcelona

Por Da Redação 20 abr 2013, 17h34

Na estreia do volante Casemiro na equipe principal do Real Madrid, o clube merengue venceu o Betis por 3 a 1 neste sábado, em jogo válido pelo Campeonato Espanhol. O resultado positivo garante a permanência do clube madrilenho na segunda posição, sem ser assombrado nesta rodada pelo rival Atlético de Madri, mas sem ameaçar a liderança do Barcelona.

A surpresa da equipe do Real foi a entrada de Casemiro entre os titulares, aproveitando as ausências do alemão Khedira, do espanhol Xabi Alonso e do ganês Essien. O brasileiro formou a dupla de volantes com o croata Luka Modric e atuou durante os 90 minutos no estádio Santiago Bernabéu. Emprestado pelo São Paulo ao Real Madrid B, Casemiro foi chamado por Mourinho para treinar nesta semana com o elenco principal e, logo na primeira vez em que foi relacionado, teve sua chance.

Leia também:

Leia também: Clubes espanhóis devem ao fisco 670 milhões de euros

Ao mesmo tempo, Kaká amargou o banco de reservas e sequer foi aproveitado durante o confronto. Já o lateral esquerdo Marcelo iniciou o jogo, mas foi substituído por Varane logo aos 15 minutos do primeiro tempo em função de uma lesão, deixando o gramado na maca.

Continua após a publicidade

O Real abriu o placar aos 45 minutos do primeiro tempo, quando o francês Benzema fez a assistência na área para Özil. Sozinho diante do goleiro, o alemão não teve dificuldade para finalizar no contrapé de Adrián para fazer o gol.

Segundo tempo – No segundo tempo, logo aos 12, o time da casa ampliou a vantagem. Benzema recebeu de Cristiano Ronaldo e balançou as redes da equipe visitante. Pouco depois, Mourinho foi obrigado a fazer mais uma alteração, já que Modric se lesionou e cedeu seu lugar ao brasileiro naturalizado português Pepe.

Quando o jogo parecia decidido, o Real Madrid bobeou no sistema defensivo. Rubén Castro recebeu na área e foi derrubado por um carrinho de Nacho, que recebeu o cartão amarelo. Jorge Molina fez a cobrança para diminuir a desvantagem.

Apesar do gol, o Betis não conseguiu levar a reação adiante, apesar de ter carimbado o travessão com Rubén Castro nos minutos finais. Já aos 45, Özil não perdoou e marcou o terceiro de sua equipe. José Mourinho, por sua vez, não deixou o campo sem antes levar uma bronca do árbitro Álvarez Izquierdo, irritado com as reclamações do português.

O resultado positivo levou o Real Madrid aos 71 pontos, com dez a menos que o Barcelona, que jogará ainda neste sábado. Já o Atlético de Madri tem 65, na terceira colocação. O Betis fica com 48 na classificação, na parte intermediária da tabela.

(Com agência GazetaPress)

Continua após a publicidade

Publicidade