Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em dia de corte, Seleção aponta Argentina como rival no Sul-americano

A Seleção Brasileira masculina de vôlei realiza nesta sexta-feira seu último treinamento com 16 jogadores, em Saquarema (RJ). Após os treinos, o técnico Bernardinho cortará quatro atletas do grupo que viaja a Cuiabá para disputar o Campeonato Sul-americano.

Garantidos no time que vai à capital mato-grossense na manhã deste sábado, apensa os levantadores Bruninho e Marlon, que não têm outros concorrentes na posição, mas que brigam pela titularidade.

‘O adversário nunca sabe quem vai começar jogando e, com isso, não consegue se preparar tão bem. É claro que os dois querem jogar, mas isso tem sido muito bom. Cada um de nós muda um pouco as características da equipe’, explicou Bruninho.Mesmo sem a definição dos 12 jogadores que vão a Cuiabá, os atletas da Seleção Brasileira são unânimes ao apontar a Argentina como principal rival na competição continental.

‘A Argentina tem um volume de jogo muito grande. Temos que ter paciência para não errar e é necessário manter a concentração o tempo todo’, apontou o capitão Giba, oito vezes campeão do Sul-americano.

Para o técnico Bernardinho, a Venezuela é outra seleção que chega com força à competição, classificatória para a Copa do Mundo no final da temporada. ‘Os venezuelanos também podem nos causar problemas. As demais equipes têm um nível um pouco inferior’, explicou.