Clique e assine a partir de 8,90/mês

Em Curitiba, Paraná e Criciúma só empatam sem gols

Por Da Redação - 18 out 2011, 22h27

Por AE

Curitiba – Paraná e Criciúma deixaram de dar um passo importante na luta pelo acesso no Campeonato Brasileiro da Série B. Nesta terça-feira, eles ficaram no empate por 0 a 0, no estádio Durival de Britto, em Curitiba, pela 31.ª rodada. O resultado praticamente faz com que os dois rivais fiquem ainda mais longe do sonho de chegar à elite nacional de 2012.

Com o empate, o Paraná chega aos 44 pontos e figura na 10.ª colocação. O time paranista está a seis pontos do Americana, que atualmente é o quarto colocado. Por outro lado, o Criciúma, com 45 pontos, aparece na oitava colocação, ainda sonhando com uma das vagas.

O primeiro tempo teve como principal destaque o goleiro Thiago Rodrigues, do Paraná. Novamente na vaga do titular Zé Carlos, foi destaque do time paranista. A melhor chance do Criciúma aconteceu aos 17 minutos. Mateus bateu para o gol, mas Thiago Rodrigues fez a defesa. No rebote, foi a fez de Thiago Silvy tentar, mas novamente o arqueiro apareceu bem para evitar o gol dos visitantes.

O segundo tempo permaneceu com a mesma tônica. Mas, desta vez, o goleiro Thiago Rodrigues travou uma disputa isolada com o atacante Schwenck. O Criciúma abusou das jogadas com o atacante, mas esbarrou nas excelentes defesas do arqueiro paranista. Por outro lado, o Paraná não conseguiu se impor. No final, o empate não agradou a nenhum dos times. Mas nenhum deles mereceu vencer.

Pela 32.ª rodada, o Paraná volta a campo na próxima sexta, às 20h30, quando enfrenta a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Já o Criciúma joga no sábado, às 16h20, quando recebe o Icasa, no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma.

Ficha técnica

Continua após a publicidade

Paraná 0 x 0 Criciúma

Paraná – Thiago Rodrigues; Brinner, Cris e Édson Rocha (Douglas Packer); Marquinho, Sílvio, Itaqui, Lima (Marinho) e Gleidson; Ricardinho (Igor) e Giancarlo. Técnico: Guilherme Macuglia.

Criciúma – Andrey; Fábio Santana, Rogélio, Anderson Conceição e Massari; Jackson, Mateus, Baraka e Guilherme (Doriva); Schwenck (Nilson) e Thiago Silvy (Adeílson). Técnico: Márcio Goiano.

Cartões amarelos – Édson Rocha, Sílvio e Igor (Paraná); Schwenck e Rogélio (Criciúma).

Árbitro – Arilson Bispo da Anunciação (BA).

Renda – R$ 68.090,00.

Público – 3.268 pagantes.

Local – Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).

Continua após a publicidade
Publicidade