Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Em coma, Schumacher é processado por acidente de trânsito

Ele atingiu um motociclista numa estrada espanhola, que teve de operar o punho

Por Da Redação 21 abr 2014, 16h40

O alemão Michael Schumacher, em coma no hospital de Grenoble, França, desde o dia 29 de dezembro de 2013, está sendo processado por um acidente de trânsito ocorrido na cidade espanhola de Sevilha, em 17 de novembro do ano passado. Schumacher estava em um Audi A4 alugado e, segundo acusação, não respeitou a sinalização e atingiu o motociclista identificado como Francisco M. A., que relatou ter caído da moto, fraturado o punho e ter passado por uma operação. Ele ainda reclama por danos em sua roupa, moto, relógio e capacete.

Leia também:

Filho de Schumacher é pódio no kart e dedica corrida ao pai

Schumacher dá sinais de ‘progresso’, diz assessora

Schumacher ‘já tem momentos de consciência’, diz família

Continua após a publicidade

Schumacher não está em estado vegetativo, diz assessora

Médico avisa: fãs de Schumacher devem se preparar para ‘o pior’

O acidente aconteceu na estrada A-8062 em direção a Gines e, segundo o boletim da polícia de Bormujos, localizada em Sevillha, a causa principal do acidente foi a infração do motorista do carro, que não cedeu a passagem em uma rotatória na qual a prioridade era do motociclista. A Securitifleet, responsável pelo aluguel do carro, e sua seguradora também serão citados no processo movido por Francisco M. A.

Na denúncia, o motorista da moto solicita que seja examinado para comprovar as lesões e adianta que pretende apresentar a conta pela reparação de seus objetos pessoais.

(Com agência EFE e Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade