Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em choque de opostos, Fluminense recebe o Bahia no Engenhão

O Fluminense recebe o Bahia nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), em um verdadeiro choque de opostos pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

O time carioca, que vem de empate por 1 a 1 com o Botafogo, tem 19 pontos conquistados, é o único invicto da competição e figura entre os primeiros colocados. Já o Tricolor baiano, que pretende se recuperar da derrota de 2 a 1 para o Flamengo, aparece com apenas sete pontos ganhos, amargando a zona de rebaixamento.

Abel Braga, técnico do Fluminense, conversou com seus jogadores sobre a importância deles terem paciência para conseguirem furar o bloqueio armado pelo time baiano.

‘O Bahia está em uma situação difícil no Campeonato Brasileiro, mas tem um time com jogadores experientes e vai querer pontuar no Rio de Janeiro. Com certeza não vai se expor e tentará jogar no erro do Fluminense. Vamos precisar de muito equilíbrio para não cairmos na armadilha de se encarar um adversário fechado em seu campo. Precisamos de inteligência para encontrar os espaços necessários para construirmos a vitória’, disse Abel.

Para o compromisso desta quinta-feira, o Fluminense jogará reforçado. O goleiro Diego Cavalieri e o atacante Wellington Nem, que não enfrentaram o Botafogo por conta de uma virose, reaparecem nas vagas de Ricardo Berna e Wellington Nem, respectivamente. O meia Deco, que cumpriu suspensão diante dos botafoguenses, volta a compor o setor de criação de jogadas com Thiago Neves.

Pelo lado do Bahia, o técnico Paulo Roberto Falcão continua ameaçado de demissão e uma derrota pode lhe custar o cargo. O treinador, inclusive, tem evitado o contato com a imprensa para evitar maiores polêmicos. Já os jogadores admitem que as dificuldades no Rio de Janeiro serão enormes.

‘O Fluminense tem um dos melhores times do país, vai buscar a vitória de qualquer maneira e vamos encontrar muitos problemas pela frente, como já vem acontecendo no Campeonato Brasileiro, onde não há jogo tranquilo. Temos é que nos impor mesmo como visitantes na busca do único resultado que nos interessa, a vitória’, disse o zagueiro Danny Morais.

O Bahia entrará em campo muito desfalcado, já que o volante Fahel, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Flamengo, e o atacante Souza, punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por ter dado uma cotovelada no zagueiro Antônio Carlos na derrota de 3 a 1 para o Botafogo, cumprem suspensão. Assim, Lenine e Gerley disputam vaga no meio-campo, enquanto Júnior atuará no ataque. O meia Gabriel, com um estiramento no músculo anterior da coxa direita, cede seu posto a Vander.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE-RJ X BAHIA-BA

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 19 de julho de 2012 (Quinta-feira)

Horário: 21 horas (de Brasília)

Árbitro: Fabrício Neves Correa (RS)

Assistentes: José Eduardo Calza (RS) e Fábio Pereira (TO)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Anderson e Carlinhos; Edinho, Jean, Deco e Thiago Neves; Wellington Nem e Fred

Técnico: Abel Braga

BAHIA: Marcelo Lomba, Fabinho, Danny Morais, Titi e Gerley; Hélder, Diones, Mancini, Kléberson e Vander; Júnior

Técnico: Paulo Roberto Falcão