Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Em ascensão no Brasileiro, Atlético-MG mede forças contra o Figueirense

Por Da Redação 12 nov 2011, 06h30

Embalado pela inédita sequência de três vitórias seguidas na atual edição do Brasileiro, o Atlético-MG encara neste sábado, às 19 horas (de Brasília), o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O duelo entre mineiros e catarinenses vai marcar a partida entre duas das melhores equipes do returno do Brasileirão. O Galo tem a quarta melhor campanha, enquanto o Figueira é a grande surpresa da competição, e ainda briga por vaga na Libertadores.

O zagueiro Réver espera um grande jogo e tem a expectativa de uma nova vitória alvinegra, que praticamente afastaria o risco de rebaixamento do Galo, que chegaria aos 42 pontos, com 12 vitórias. O defensor está ciente das dificuldades que o Atlético-MG vai encontrar, mas frisa que não é impossível bater o Figueira.

‘Tem tudo para ser um bom jogo. O Figueirense tem a expectativa de entrar para o grupo da Libertadores e a gente para poder se distanciar ainda mais da zona de rebaixamento. Espero que a gente consiga ter mais sorte e ser mais eficiente do que a equipe do Figueirense. Sabemos que é difícil vencê-los em Florianópolis, mas também não é impossível. Espero que a gente saia com estes pontos’, disse.

O técnico Cuca não poderá contar com o zagueiro Leonardo Silva e com o atacante Neto Berola, ambos suspensos. Na defesa, o comandante atleticano vai escalar Werley, já na vaga de Berola, Cuca optou por Richarlyson, que vai atuar como um falso ponta pelo lado esquerdo, com Bernard se aproximando do atacante André. Outro jogador que fica de fora é o avante Guilherme, que se recupera de lesão.

No Figueirense, a expectativa é de casa cheia para prestigiar a equipe, que ocupa o sexto lugar com 53 pontos, e ainda sonha com uma vaga na Libertadores. O técnico Jorginho aposta na experiência de alguns atletas do elenco para que o time não perca o foco nesta reta final de Brasileiro.

‘Eles sabem que serão cinco jogos decisivos para a vida deles, da nossa da comissão técnica. Nós temos uma oportunidade única de gravar o nosso nome na história do Figueirense e não vamos deixar passar esta oportunidade. Eles estão ligados, concentrados em relação a isso e a experiência de jogadores como Ygor, Coutinho, Túlio, jogadores que passaram por grandes equipes, que passaram por grandes momentos, com certeza vai ser muito importante’, frisou.

O treinador catarinense tem problemas para armar o time, isso porque, o meia Maicon está vetado pelo departamento médico. O jogador sentiu dores na panturrilha esquerda e deverá ser substituído pelo volante Coutinho. Outro atleta que fica de fora é Juninho, que recebeu o terceiro cartão amarelo, com isso, Helder ganha chance entre os titulares.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE X ATLÉTICO-MG

Continua após a publicidade

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)

Data: 12 de novembro de 2011 (sábado)

Horário: 19h (horário de Brasília)

Árbitro: Cléber Wellington Abade (SP)

Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP) e Márcio Luiz Augusto (SP)

FIGUEIRENSE: Wilson; Bruno, Roger Carvalho, Edson e Helder; Ygor, Túlio, Coutinho e Elias; Wellington Nem e Júlio César

Técnico: Jorginho

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Carlos César, Werley, Réver e Triguinho; Pierre, Fillipe Soutto, Richarlyson e Daniel Carvalho; Bernard e André

Técnico: Cuca

Continua após a publicidade
Publicidade