Clique e assine a partir de 9,90/mês

Élton sente ‘diferença enorme’ ao trocar o Vasco pelo Corinthians

Por Da Redação - 13 jan 2012, 11h56

Revelado pelo Palmeiras (do Nordeste), Élton estava bastante empolgado em sua apresentação como reforço do Corinthians. O centroavante fez sinais de positivo com a camisa do novo clube, manteve um largo e constante sorriso no rosto e não se cansou de enaltecer o time paulistano nesta sexta-feira. O Vasco, segundo ele, não se compara ao atual campeão brasileiro.

‘Sem dúvida nenhuma. É uma diferença enorme. Não estou desmerecendo o Vasco, que é um grande clube, mas eles precisam melhorar muito. O Corinthians nos dá tudo: CT, hotel… Tive um baque enorme ao chegar aqui’, comentou Élton, para satisfação do diretor adjunto de futebol Duílio Monteiro Alves, que estava ao seu lado.

Curiosamente, o Vasco foi o maior concorrente do Corinthians pelo título do último Campeonato Brasileiro. Élton marcou 11 gols na competição e dividiu a artilharia de sua antiga equipe com o meia Diego Souza.

‘Fizemos uma boa campanha pelo Vasco. Foi o time que me abriu as portas. Devo muito a eles. Mas a proposta do Corinthians chegou, e eu não podia recusar. Tinha um desejo muito grande de jogar por essa equipe. Graças a Deus, chegou o momento. Estou em um clube de ponta, que vai brigar por títulos. Isso me deixa bastante feliz’, comemorou o centroavante.A vontade de defender o Corinthians foi alimentada por Élton durante o próprio Brasileiro. Em 6 de julho, no Pacaembu, ele ficou impressionado com a virada corintiana sobre o Vasco, por 2 a 1. ‘Quando enfrentei o Corinthians, eu ficava olhando aquela torcida. A gente estava vencendo o jogo, e ela não parava nunca. Isso é muito bacana. A força que a torcida do Corinthians tem faz todos os jogadores quererem estar aqui’, reverenciou.

Com tantos elogios, Élton já começou a fazer a sua parte na disputa por um lugar no ataque que tem também Liedson, Adriano, Emerson, Willian, Jorge Henrique e o recém-contratado Gilsinho à disposição. Ainda assim, ele garante que não faz média para jogar. ‘Só quero buscar o meu espaço trabalhando firme e forte. O resto depende do Tite’, disse, mais timidamente.

Além de ter defendido Palmeiras-BA e Vasco, Élton passou por Iraty, São Caetano, Santo André, Legia Varsóvia (Polônia) e Sporting Braga (Portugal). O centroavante tem 26 anos.

Continua após a publicidade
Publicidade