Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Eliminado, Ibrahimovic faz gesto obsceno e detona liga americana

Questionado se fez seu último jogo nos Estados Unidos, astro sueco ironizou: "Se eu não ficar, ninguém vai lembrar que a MLS existe"

Por Da redação 25 out 2019, 11h37

Zlatan Ibrahimovic teve uma noite desastrosa no que pode ter sido sua despedida do futebol dos Estados Unidos. Sua equipe, o Los Angeles Galaxy, foi eliminada pelo rival local Los Angeles FC ao perder por 5 a 3 nas semifinais da Conferência Oeste da Major League Soccer (MLS), na quinta-feira 24; em seguida, Ibra respondeu a provocações com um gesto obsceno e, já de banho tomado e cabeça fria, ridicularizou o nível da competição.

O jogador de 38 anos marcou um gol e deu uma bonita assistência, mas não conseguiu evitar a eliminação do Galaxy. O mexicano Carlos Vela, que rivaliza com Ibra como grande estrela da MLS, marcou duas vezes pela equipe vencedora. Ao deixar o campo, o sueco ouviu ofensas dos rivais e respondeu segurando suas partes íntimas.

Ao conversar com jornalistas, Ibrahimovic negou que tenha ficado irritado e ainda ironizou o tamanho do estádio do rival, que tem capacidade para pouco mais de 20.000 pessoas. “Não quero ser desrespeitoso, mas isso é como um treino para mim. O estádio é muito pequeno, já joguei para 80.000 pessoas.”

  • A eliminação levantou rumores de que este tenha sido o último jogo de Ibrahimovic pela equipe americana. Questionado sobre isso, ele voltou a esbanjar marra. “Se eu não ficar, ninguém vai lembrar que a MLS existe.”

    Continua após a publicidade
    Publicidade