Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Dunga poupa times nacionais e chama Firmino e Casemiro

Queixas dos clubes levam CBF a convocar só jogadores de equipes do exterior

Por Da Redação 23 out 2014, 10h21

A pressão dos clubes brasileiros surtiu efeito – e a CBF, para alívio geral, poupou as equipes nacionais dos desfalques na reta final do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Com isso, o técnico Dunga terá apenas atletas de clubes do exterior nos dois últimos amistosos do ano, no mês que vem, na Europa. A convocação foi feita nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro. Diante da revolta das equipes do país, que temiam perder mais uma vez seus principais jogadores em partidas importantes, o presidente da CBF, José Maria Marin, disse ter pedido a Dunga e ao diretor de seleções Gilmar Rinaldi que tentassem “conciliar” os interesses da seleção e dos clubes. O cartola também se disse grato pela “colaboração e compreensão” dos dirigentes e treinadores dos times brasileiros. Em seguida, Gilmar afirmou que a comissão técnica buscou o “bom senso”. Com a ausência dos atletas em atividade no país, abriu-se espaço para alguns retornos (Thiago Silva e Lucas) e muitas novidades. Apareceram na lista de Dunga nomes como Roberto Firmino (meia de 23 anos do Hoffenheim), Casemiro (volante de 22 anos do Porto), Neto (goleiro de 25 anos da Fiorentina) e Luiz Adriano e Douglas Costa (dupla de atacantes do Shakhtar Donetsk, de 27 e 24 anos, respectivamente). Em 12 de novembro, o Brasil enfrenta a Turquia, em Istambul. No dia 18, o amistoso é contra a Áustria, em Viena.

Leia também:

CBF vê Brasil no topo. No ranking da Fifa, ficou na mesma ​

Eufóricos com Dunga, Marin e Del Nero já ‘apagaram’ 7 a 1

CBF ignora clubes e confirma que seleção vai desfalcá-los

Continua após a publicidade

O gol contra da CBF: seleção distante e clubes fragilizados

Continua após a publicidade

Publicidade