Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Drogba diz que foi à China para viver uma nova experiência

Atacante marfinense foi recebido por centenas de fãs ao ser apresentado no Shanghai Shenhua

O atacante marfinense Didier Drogba chegou à China neste sábado e disse que a troca do Chelsea pelo Shanghai Shenhua não foi motivada por dinheiro. Segundo a imprensa inglesa ele vai receber 270 mil libras (cerca de 853 mil reais) por semana na China. “Teria sido mais fácil para mim permanecer na Europa, mas eu escolhi a China”, disse Drogba. “O dinheiro não é o mais importante. Estou aqui para viver uma nova experiência”.

Drogba negou também que a sua transferência para a China seja um indício de que a aposentadoria esteja próxima e garantiu que está ansioso para mostrar o seu melhor. “Eu estou aqui para ganhar jogos e ser campeão. Eu não estou aqui para me aposentar” disse o marfinense, de 34 anos, que teve papel fundamental na conquista do título da Liga dos Campeões da Europa pelo Chelsea na última temporada.

O atacante foi recebido no aeroporto de Xangai por centenas de fãs do clube, que o contratou por dois anos. O marfinense vai se juntar ao francês Nicolas Anelka, que foi seu companheiro no Chelsea, no time chinês.

Drogba tinha ofertas de outros clubes, mas declarou que foi convencido a ir para o Shangai Shenhua após encontro com Zhu Jun, dono do clube, que, além do marfinense e de Anelka, também já contratou o técnico argentino Sergio Batista. “Eles são muito ambiciosos, e isso é um tremendo desafio”.

O Shangahi Shenhua está em 13º lugar no Campeonato Chinês, que é disputado por 16 clubes, 20 pontos atrás do líder Guangzhou Evergrande, defendido pelo meia argentino Dario Conca, ex-Fluminense. Confira em vídeo a chegada de Drogba na China.

(Com Agência Estado)