Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Draft da NBA faz brasileiro pedir dispensa da seleção

Por AE

São Paulo – Uma das principais revelações do basquete brasileiro, o armador Scott Machado pediu dispensa da seleção brasileira masculina que vai disputar o Campeonato Sul-Americano. Conforme já era esperado, o jogador do Iona College, da liga universitária norte-americana (NCAA), vai priorizar o Draft da NBA.

Nascido nos EUA, mas filho de pais brasileiros, Scott Machado foi um dos melhores jogadores da última temporada da NCAA e por pouco não se tornou o primeiro jogador desde 1995 a ter média de dois dígitos de assistências – terminou com 9.9. Ele fechou a temporada com média de 13,6 pontos e 40,4% de aproveitamento dos arremessos dos três pontos.

Apesar da expectativa de que ele pudesse ser chamado a treinar com o grupo de Rubens Magnano, que vai se preparar para Olimpíada, Scott foi convocado por Gustavo de Conti, técnico da seleção B, que disputará o Campeonato Sul-Americano. Na mesma situação está Fab Melo, outro destaque do basquete universitário norte-americano que quer participar do Draft e deve pedir dispensa.

Em carta endereçada aos dois treinadores, Scott Machado explicou a situação e se colocou à disposição para outras convocações. “Fiquei muito feliz com a notícia, uma conquista importante na minha carreira e, mais do que isso, a realização de um sonho. “Como já é do conhecimento dos senhores, estou me preparando para o Draft da NBA, que será no dia 28 de junho, e, por esse motivo, peço dispensa da convocação a fim de poder seguir me preparando da melhor maneira possível”, diz o jogador, indicando que a comissão técnica já sabia, ao convocá-lo, que ele não poderia aceitar a convocação.

“Peço a compreensão dos senhores neste momento importante da minha carreira, onde estarei, também, representando o basquete brasileiro no processo seletivo para a liga americana.Desejo todo o sucesso à seleção brasileira, estarei na torcida para que o grupo conquiste seus objetivos e estarei pronto para atender às próximas convocações, quando elas acontecerem”, completou.