Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dracena minimiza escolha do Morumbi: É parte da história do Santos’

A escolha do Morumbi como palco das duas partidas finais do Campeonato Paulista, entre Santos e Guarani, não parece ter contrariado fortemente o zagueiro Edu Dracena. Capitão do Peixe, o defensor admitiu que gostaria de ver a sua equipe decidindo o título estadual na Vila Belmiro, porém, minimizou a escolha do campo do São Paulo para receber os jogos decisivos do Paulistão deste ano, nos dois próximos domingos.

‘A casa do Santos é a Vila e se você perguntar, todos os jogadores gostariam de jogar aqui. Mas as partidas já foram marcadas para o Morumbi e não adianta falar mais nada. Temos que procurar fazer o nosso melhor. O Morumbi também faz parte da história do Santos e espero que o nosso grupo possa sair vencedor da competição’, afirmou Dracena.

Indagado se o Bugre não teria sido o maior prejudicado com a decisão da Federação Paulista de Futebol, já que o time campineiro não possui uma torcida tão grande quanto à do Alvinegro Praiano, a ponto de lotar o Morumbi, o zagueiro se esquivou sobre o tema.

‘Não sei se foi um desrespeito com o Guarani. Claro que quando você tem a sua casa, quer jogar no seu estádio. Mas os clubes assinaram o regulamento do campeonato e sabiam que isso poderia acontecer. O povo campineiro queria a decisão lá no Brinco de Ouro da Princesa, assim como o torcedor do Santos na Baixada (Santista) queria a final na Vila, também. Infelizmente isso não vai acontecer e esperamos que os torcedores de Campinas e Santos possam ir a São Paulo, para verem um grande espetáculo’, comentou.

Fora o aspecto financeiro, pois o Morumbi pode receber públicos superiores aos que provavelmente seriam registrados caso Brinco de Ouro e Vila Belmiro fossem os palcos da decisão, Edu Dracena acredita que nenhuma das duas equipes levará vantagem do ponto de vista técnico.

Segundo o capitão santista, as dimensões do gramado do Morumbi são maiores em relação a Vila, porém, a diferença não chega a ser tão grande. ‘O Morumbi é um pouco maior, mas não é tanto. Parece mais do que realmente é. Além disso, o Santos está acostumado a jogar lá. Eliminamos o São Paulo no ano passado e neste ano, do Paulistão, jogando no Morumbi. Não vamos ter nenhum problema com o campo. Vamos em busca de mais um título, com total respeito ao Guarani’, finalizou.