Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dorival Júnior é o mais cotado para assumir o Flamengo

Diretoria rubro-negra trabalha para confirmar um novo nome antes do duelo da próxima quinta-feira, contra a Portuguesa, no Engenhão

Demitido do Internacional na semana passada, Dorival Júnior desponta como o provável substituto de Joel Santana no Flamengo. Após a demissão de Joel nesta segunda-feira, o diretor de futebol do clube carioca, Zinho, descartou assumir o comando da equipe e disse que não seria “correto” com Joel. A expectativa é de que Dorival seja anunciado nesta terça-feira, após uma reunião com o diretor de futebol.

A decisão expôs novamente a falta de organização do Flamengo. O contrato de Joel previa multa rescisória de 2 milhões de reais. “O Flamengo vai cumprir o que está no contrato. Nesse momento não pensamos na parte financeira, mas no melhor para o Flamengo”, afirmou Zinho, que sabe da dificuldade do clube em honrar alguns compromissos: “Vou tentar ajudar para que o Flamengo cumpra”.

A diretoria do clube precisa agir rápido para minimizar mais um abalo. A demissão de Joel Santana, segundo Zinho, era algo inevitável, considerando o passado recente do clube nas competilções nacionais e na Libertadores. “Foi o conjunto da obra. Já venho analisando o comportamento da equipe, o dia-a-dia do trabalho. Não foi especificamente a derrota para o Cruzeiro. Como diretor de futebol, eu estou analisando o futuro, a posição da equipe na tabela, o poder de reação do grupo e como a comissão técnica segura os resultados. Nada contra o Joel. Agradeci a ele por esse período e tenho um respeito absurdo por ele. Mas foi um convencimento meu de que seria melhor para o Flamengo reagir. Eu não via o time melhorando com ele no comando”, destacou Zinho, em uma coletiva na tarde desta segunda-feira.

Preocupado com os efeitos que poderiam ser causados no elenco rubro-negro, o dirigente aproveitou para se reunir com os jogadores antes do treinamento e conversou com o grupo por volta de 45 minutos. O diálogo visa à recuperação imediata dos jogadores dentro da competição e a busca por resultados melhores nas próximas rodadas. Na décima colocação, o time soma 15 pontos e já se encontra a seis do Grêmio, primeiro integrante do G-4.

“Nós sempre buscamos o título no Flamengo. O momento agora é de tentar uma recuperação para encostar no G-4. O Flamengo tem que sempre brigar lá em cima. Se eu escalar meu elenco, nome por nome. não acho que esteja muito abaixo dos outros. Nós temos é que apresentar uma postura tática melhor e encontrar o nosso real padrão de jogo”, completou o dirigente.

Longe de anunciar o camisa 10 que a torcida tanto cobrou após a saída de Ronaldinho Gaúcho, Zinho passará a trabalhar em conjunto com a presidente Patrícia Amorim para anunciar o novo treinador da equipe nesta semana. A intenção da diretoria rubro-negra é confirmar um novo nome antes do duelo da próxima quinta-feira, contra a Portuguesa, no Engenhão.

(Com Agência Estado e Gazeta Press)

LEIA TAMBÉM:

Um Fla-Flu sem brilho coroa o centenário do clássico