Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dono da Renault afirma que há outros nomes em vista além de Senna e Petrov

O dono da escuderia Lotus Renault, Gerard López, declarou, nesta terça, que não são apenas o brasileiro Bruno Senna e o russo Vitaly Petrov que concorrem à segunda vaga da equipe. Segundo o dirigente, o time pode realizar uma reformulação completa na dupla de pilotos, o que significa que nenhum dos pilotos pode compor a parceria com Kimi Raikkonen em 2012.

‘Não é só uma questão de Vitaly ou Bruno’, afirmou López deixando uma dúvida sobre quem seria o segundo piloto da Lotus Renault. López pode apostar em alguém com mais experiência na Fórmula 1. Segundo informações divulgadas na rádio RTL, de Luxemburgo, Romain Grosjean e Adrian Sutil também concorrem ao posto.

Grosjean, atual campeão da GP2 e reserva da equipe, tem ao seu favor um fator político. A empresa Gravity, que apoia sua carreira, é uma das parceiras da Genii, grupo que controla a escuderia inglesa. Já Sutil ainda não definiu a renovação com a Force India e pode ser a novidade na Renault.

O empresário comentou que a decisão será tomada em breve, mas acrescentou que não acha o momento adequado para apostar em jovens pilotos, como fez nesta temporada. ‘Tivemos dois pilotos jovens com Vitaly e Bruno. Eles são realmente bons pilotos, mas o grande problema no momento é a falta de testes na Fórmula 1. Não temos tempo de forma pilotos’, finalizou.