Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dois dirigentes da Fifa são suspensos provisoriamente

Com a suspensão, presidente da entidade tem caminho livre para reeleição

A Comissão de Ética da Fifa anunciou neste domingo a suspensão temporária de dois de seus dirigentes, Bin Hamman e Jack Warner. Os dois são adversários de Joseph Blatter, atual presidente da entidade e candidato à reelição. A votação acontece na quarta-feira.

Blatter, que também estava sendo julgado pela Comissão, foi declarado inocente. Os três dirigentes são alvo de um denúncia de compra de votos. Com Hamman e Warner suspensos até o fim das investigaçõs, Blatter tem o caminho livre para a reeleição.

“Dada a gravidade dos casos e a probabilidade que se tenham transgredido o Código Ético da Fifa e o Código Disciplinar da Fifa, a Comissão de Ética considerou necessária a suspensão provisória enquanto a investigação segue seu curso”, apontou o texto da Fifa.

“Além disso, a Comissão de Ética examinou os casos de dois oficiais da União Caribenha de Futebol (CFU) – Debbie Minguell e Jason Sylvester – também em relação com a suposta violação do Código Ético da Fifa e do Código Disciplinar da Fifa. A Comissão decidiu suspender estes dois oficiais de maneira provisória, por isso não poderão participar de nenhuma atividade relacionada com o futebol”, acrescentou a nota.

Hammam e Warner são integrantes do Comitê Executivo da Fifa e foram acusados de organizar uma reunião com 25 dirigentes da Confederação Asiática de Futebol (Concacaf), entre os dias 10 e 11 de maio, para oferecer dinheiro por votos na eleição da entidade. A denúncia foi feita por Chuck Blazer, secretário-geral da Concacaf, no dia 24 de maio.

O jornal britânico Daily Telegraph noticiou que foram oferecidos 40.000 dólares a cada um destes dirigentes para que votassem em Hamman.

(Com agência EFE)