Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Doda diz que Rodrigo Pessoa ‘poderia passar vergonha’

Declaração do cavaleiro brasileiro ocorreu na zona mista após o Brasil ficar fora do pódio na competição por equipes

Após terminar na quinta posição com a equipe brasileira nas finais dos saltos por equipes do hipismo nesta quarta-feira, o cavaleiro Álvaro de Miranda Neto, o Doda, afirmou que a ausência do campeão olímpico de Atenas-2004, Rodrigo Pessoa, não foi sentida pela equipe – e que ele até poderia “passar vergonha” caso estivesse competindo na Rio-2016.

“Com o cavalo que ele tinha, nem teria chegado até aqui. Ele teria feito várias faltas. Não tinha nenhuma condição e poderia até passar vergonha. Um cara que nem ele, um craque, necessita de um cavalo à altura, e acredito que na atual condição poderia derrubar do primeiro ao último obstáculo. A sorte dele foi não ser convocado, pois poderia ser muito ruim para o nome dele”, afirmou Doda após a disputa.

Rodrigo Pessoa, que abriu mão de competir nos Jogos do Rio por ser convocado como reserva, também estava no Centro Olímpico de Hipismo, no complexo de Deodoro, e comentou as declarações de Doda. Segundo ele, o antigo companheiro de equipe reagiu “de cabeça quente” ao resultado aquém do esperado.

“Isso a gente nunca vai saber porque não tive a oportunidade de mostrar meu potencial. Acho que ele está reagindo de cabeça quente. Eu entendo a decepção porque também estou decepcionado, represento o Brasil há 26 anos”, comentou o medalhista de ouro na prova individual na Olimpíada disputada na Grécia há 12 anos.

LEIA TAMBÉM:
Cavalo refuga e brasileiro sofre queda no hipismo

Família real da Holanda marca presença em final de hipismo

Equipes – Assim como os outros cavaleiros brasileiros, Doda chegou sem nenhuma falta à segunda etapa na decisão por equipes, mas o Brasil terminou com 13 pontos de penalidades e ficou fora do pódio. A França ficou com o ouro, os Estados Unidos com a prata e a Alemanha com o bronze.

O Brasil disputou a prova desfalcado de um integrante, Stephan Barcha, que ganhou a titularidade para o Rio 2016 no lugar de Rodrigo Pessoa. Stephan foi desclassificado da competição na terça-feira, após o cavalo LandPeter do Feroleto apresentar um machucado com sangue. Com um atleta a menos, o Brasil competiu com apenas três, o que dificultou a disputa.

Individual – Apesar de ter ficado fora do pódio nesta quarta-feira, o Brasil terá três representantes na final individual dos saltos, que será disputada na sexta-feira. Eduardo Menezes, Pedro Veniss e Doda se classificaram entre os 35 competidores que disputarão o ouro.

(Com EFE)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marcos Binelli

    Tanto não fez que ficou fora da ‘medalha, medalha, medalha’ ….Panaca

    Curtir