Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Documento prova que atleta do CRB não jogou de forma irregular

A diretoria do ASA-AL planejava entrar com uma ação no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) alegando que o zagueiro Rodrigão, do CRB, vem atuando de maneira irregular no Campeonato Alagoano por não ter cumprido uma suspensão automática. O clube alvirrubro, porém, tem a prova de que não houve ilegalidade.

Na súmula do confronto entre CRB e ASA, válido pela sétima rodada do Estadual, constava um cartão amarelo para Rodrigão, que estava pendurado e continuou atuando normalmente nos compromissos seguintes. No entanto, o árbitro Francisco Carlos Nascimento assinou um documento reconhecendo que a advertência, na verdade, era para Edson Veneno, o outro zagueiro.

A confusão aconteceu porque o juiz não fez a correção junto à Federação Alagoana de Futebol, mas sim no Tribunal de Justiça Desportiva. Mesmo assim, o presidente da entidade que organiza o torneio regional, Gustavo Feijó, disse que a súmula equivocada está anulada.

Rodrigão, que atuou no jogo de ida da final, justamente entre CRB e ASA, quarta-feira, está liberado para o jogo de volta. Em Maceió, o CRB levou a vantagem: 2 a 1. No sábado, o jogo será em Arapiraca casa do ASA.