Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Djokovic vira sobre Berdych e vai à final em Montecarlo

Por Da Redação 21 abr 2012, 11h56

Por AE

Montecarlo – Novak Djokovic mostrou mais uma vez neste sábado porque é o atual número 1 do mundo. O sérvio deixou os problemas pessoais para trás, superou a irritação com o vento e neutralizou o bom saque de Tomas Berdych para chegar à final do Masters 1000 de Montecarlo. De virada, ele derrotou o checo por 4/6, 6/3 e 6/2, em 2h42min de duelo.

A vitória o garantiu em sua 45ª final da carreira, a 19ª final somente em Masters 1000. Em busca do seu 12º título em torneios deste nível, Djokovic aguarda o duelo entre o espanhol Rafael Nadal, atual heptacampeão em Montecarlo, e o francês Gilles Simon, para conhecer seu adversário na decisão.

Na primeira semifinal deste sábado, Djokovic foi instável no set inicial e, sucumbindo à irritação, facilitou a quebra de saque de Berdych no final da parcial. Mesmo enfrentando o obstáculo do forte vento na quadra central, o sérvio não se abateu e, com uma quebra sobre o rival, faturou o segundo set e empatou a partida.

Mais confiante, Djokovic foi fulminante no terceiro. Faturou duas quebras de saque em sequência e abriu 4/0 no placar. Berdych não conseguiu acompanhar o ritmo do número 1 e passou a acumular mais erros (foram 46 em toda a partida), facilitando o triunfo do sérvio.

No domingo, Djokovic terá sua segunda chance de vencer em Montecarlo, onde nunca foi campeão. Em sua primeira final, em 2009, ele foi derrotado por Nadal, favorito para ser seu adversário nesta decisão.

Continua após a publicidade
Publicidade