Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Djokovic vence Nadal e conquista torneio de Wimbledon

Sérvio supera espanhol em 3 sets a 1 e garante 8º título na temporada. Em 2011, o tenista perdeu apenas um único jogo - para Roger Federer, em Roland Garros

O sérvio Novak Djokovic ratificou sua condição de número 1 do mundo em grande estilo na tarde deste domingo. Com uma vitória sobre o espanhol Rafael Nadal, antigo líder da lista mundial, por 3 sets a 1, parciais de 6/4, 6/1, 1/6 e 6/3, o sérvio consolidou o novo status com o título inédito de Wimbledon.

Leia também: Carlos Bernardes, um brasileiro na final de Wimbledon

Djokovic aplicou um total de 27 winners, seis a mais que seu adversário. Das seis chances que teve para quebrar o saque do espanhol, acertou cinco (83% de aproveitamento). Já Nadal converteu metade das mesmas seis oportunidades. Nas subidas à rede, o sérvio foi eficiente em 19 de 26 tentativas.

Djokovic dominou as duas primeiras parciais, mas teve seu serviço quebrado por Nadal logo no segundo game do terceiro set. O quarto período foi equilibrado até que o sérvio fez 5/3 e em seguida não desperdiçou a oportunidade de sacar para fechar o jogo.

Em grande fase, Djokovic comemora o oitavo título em nove campeonatos disputados na temporada, já que a única derrota foi na semifinal de Roland Garros, diante do suíço Roger Federer. Em sua quinta final de Grand Slam, o sérvio faturou o terceiro título – também levou o Aberto da Austrália-2008 e 2011.

Neste domingo, Nadal disputou a 13 final de Grand Slam da carreira e saiu como vice-campeão pela terceira vez. Com a vitória, Djokovic repetiu um feito logrado apenas por Roger Federer, algoz do espanhol nas decisões de Wimbledon-2006 e 2007. O jovem venceu as sete decisões anteriores de Grand Slam que participou.

Desde 2006, Nadal e Djokovic se enfrentaram 28 vezes. O sérvio contabiliza um total de 12 triunfos e ganhou os últimos cinco encontros com o rival, todos em finais realizadas em 2011. A maior série do espanhol também é de cinco duelos, entre 2008 e 2009.

Os 25 títulos anteriores de Novak Djokovic foram conquistados longe da grama. Antes dele, apenas o alemão Michael Stich (1991) e o norte-americano Andre Agassi (1992) triunfaram em Londres sem antes ganhar um evento menor realizado no mesmo piso.

Para completar, o sérvio resolveu não disputar um torneio preparatório na superfície antes de jogar Wimbledon. Desde 1992, somente Federer, o maior campeão da grama na Era Aberta, havia conquistado o Grand Slam britânico sem participar de um evento prévio no mesmo piso.

Na Era Aberta, 51 tenistas conquistaram pelo menos um título de Grand Slam. Deste grupo, apenas 20 foram campeões em Wimbledon. O torneio londrino é o que tem menos vencedores entre os quatro maiores – o Aberto da Austrália e Roland Garros tiveram 25 campeões diferentes e o Aberto dos Estados Unidos, 23.

(Com Gazeta Press)