Clique e assine a partir de 9,90/mês

Djokovic vence Aberto da Austrália pela 8ª vez e recupera posto de nº 1

Sérvio venceu o austríaco Dominic Thiem por 3 sets a 2 e homenageou o ex-jogador de basquete Kobe Bryant, que morreu há uma semana, ao final da partida

Por EFE - Atualizado em 2 fev 2020, 14h14 - Publicado em 2 fev 2020, 13h07

O sérvio Novak Djokovic recuperou o posto de número 1 do tênis mundial, ao derrotar de virada neste domingo o austríaco Dominic Thiem, por 3 sets a 2, e conquistar pela oitava vez o Aberto da Austrália.

Ao longo da competição, Thiem derrotou o espanhol Rafael Nadal, nas quartas de final, e o alemão Alexander Zverev, na semifinal. Esta é a terceira vez que o austríaco chegou a uma final de Grand Slam, mas não venceu nenhuma vez. Djokovic, por sua vez, foi campeão pela oitava vez.

“Em breve você ganhará mais do que um, hoje você esteve muito perto. Eu gostaria de pedir todo o respeito do mundo tanto pela sua equipe, quanto pela sua família”, disse Djokovic ao adversário, após receber o troféu das mãos do russo Marat Safin, vencedor da edição de 2005.

 

 

O sérvio também homenageou o ex-jogador dos Los Angeles Lakers, Kobe Bryant, que morreu há uma semana, em um acidente de helicóptero na Califórnia. “Todos os dias ocorrem eventos difíceis e pessoas morrem, como aconteceu com uma pessoa tão importante para mim como Kobe Bryant e sua filha. Então eu gostaria de lembrar que precisamos estar cientes dessas coisas e estar unidos”, disse.

Continua após a publicidade
Publicidade