Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Djokovic sofre, mas vence argentino de virada e vai às quartas em Roma

Roma, 17 mai (EFE).- O tenista número um do ranking mundial, o sérvio Novak Djokovic, teve muito trabalho nesta quinta-feira contra o argentino Juan Mónaco, e precisou de duas horas e 20 minutos e um tie-break para vencer o duelo por 4-6, 6-2 e 6-3 e avançar às quartas de final do Masters 1000 de Roma.

Djokovic vai enfrentar, em busca de um lugar nas semifinais, o ganhador do jogo entre o também argentino Juan Martín del Potro e o francês Jo-Wilfried Tsonga.

Em um confronto marcado pelo forte vento no Foro Itálico, sede do torneio, Mónaco teve uma performance sólida no primeiro set. Bastante irritado com os próprios erros, Djokovic chegou a ser advertido pelo juiz de cadeira por ter quebrado sua raquete ao atirá-la ao chão.

No quinto game, o argentino quebrou o saque do sérvio no quinto jogo. O número um do mundo pareceu entrar em sintonia com o placar apontando 5-3 contra ele e conseguiu evitar dois break-points, mas no game seguinte, sacando para ganhar o set, Mónaco confirmou seu serviço.

Na metade do segundo set, Djokovic começou a se impôr, enquanto o argentino passou a ceder terreno e cometer erros não forçados. Embora o sérvio tenha perdido seu saque no terceiro game, respondeu com duas quebras consecutivas e levou o duelo para o tie-break.

No set decisivo, ambos os tenistas confirmaram seus saques até o oitavo game, quando Djokovic conseguiu uma quebra e deixou o placar em 5-3. Servindo para ganhar, o sérvio fechou a partida com um ace. EFE

ebp/id