Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Djokovic disputará a final do Aberto da Austrália contra Nadal

O sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, se classificou nesta sexta-feira para a final do Aberto da Austrália ao derrotar o escocês Andy Murray (N.4) por 6-3, 3-6, 6-7 (4/7), 6-1 e 7-5 em uma partida muito disputada.

O atual campeão Djokovic jogará sua terceira final em Melbourne contra o espanhol Rafael Nadal (N.2), que eliminou por 6-7 (5/7), 6-2, 7-6 (7/5) e 6-4 o suíço Roger Federer (N.3) na quinta-feira na outra semifinal.

É a terceira vez consecutiva que o sérvio e o espanhol se encontram em uma final de torneio Grand Slam (Djokovic venceu as duas primeiras, em Wimbledon e no US Open de 2011).

Com sua vitória sobre Murray, Dkjokovic tem agora uma série de 20 partidas sem derrota em torneios Grand Slam.

O sérvio é favorito contra Nadal, a quem derrotou em seis finais no ano passado. Mas o número 1 teve muito trabalho nesta sexta e pode entrar em quadra com um desgaste maior.

Djokovic, que no ano passado derrotou seu rival com menos dificuldade na final de Melbourne, tenta ser o quinto jogador da era Open (desde 1968) a conquistar três títulos seguidos de Grand Slam, depois de Rod Laver, Pete Sampras, Federer e Nadal.

Em sua sétima final de um dos grandes torneios do circuito, o sérvio também tentará se tornar o quarto jogador de era Open a ganhar três títulos ou mais em Melbourne, assim como Andre Agassi (4), Roger Federer (4) e Mats Wilander (3).