Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Djokovic derrota Ferrer e repete final de 2011 com Murray na semi

Os dois finalistas do Aberto da Austrália de 2011 se enfrentarão na semifinal do torneio, nesta temporada. O sérvio Novak Djokovic derrotou nesta quarta-feira o espanhol David Ferrer por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 7/6 (7-4) e 6/1, e se classificou para enfrentar o britânico Andy Murray por uma vaga na decisão.

No confronto do ano passado, Djokovic derrotou o britânico com 6/4, 6/2 e 6/3 e conquistou o primeiro de seus três Grand Slams na temporada. No retrospecto geral, a vantagem também é do sérvio, que venceu seis dos dez confrontos realizados entre os dois pelo circuito profissional.

O jogo entre Djokovic e Ferrer começou equilibrado, mas com vantagem para o sérvio que conseguiu uma quebra de serviço no quinto game e venceu a primeira parcial para abrir vantagem.O líder do ranking iniciou o segundo set já vencendo o saque de seu adversário, mas o espanhol devolveu a quebra no quarto game, quando Djokovic chegou a esboçar caretas de dor. Cada tenista conseguiu vencer o serviço adversário mais uma vez e a decisão foi para o tie-break, em que o sérvio levou vantagem.

A vitória na segunda parcial deu moral para Djokovic, que jogou o terceiro set de forma arrasadora. Ferrer, seguindo seu estilo, lutou para tentar conter o sérvio, mas não conseguiu oferecer resistência aos golpes precisos e potentes de seu adversário.

Com a classificação de Novak Djokovic, o Aberto da Austrália tem os quatro primeiros colocados do ranking nas semifinais. O sérvio, líder da lista da ATP, e Murray, dono da quarta posição, duelam de um lado da chave. Do outro, o confronto é entre Rafael Nadal e Roger Federer, segundo e terceiro colocados, respectivamente.