Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Djokovic bate seu recorde de pontos no ranking após título

Sérvio abriu mais de 8.000 pontos de distância para o vice-líder Andy Murray

O sérvio Novak Djokovic vive a melhor fase de sua carreira e segue fazendo história no tênis. Após o título do Masters 1000 de Xangai, ele chegou a 16.785 pontos no ranking da ATP, a melhor pontuação de sua carreira, em atualização da lista divulgada nesta segunda-feira. Com isso, Djokovic ampliou para 8.035 pontos a sua diferença para o segundo colocado, o britânico Andy Murray – como comparação, a mesma diferença de pontos separa o vice-líder do 70º colocado da lista, o francês Lucas Pouille.

Marcelo Melo é campeão de duplas em Xangai

Com a vitória de domingo sobre o francês Jo-Wilfried Tsonga, Djokovic chegou a 25 títulos da série Masters 1000, superando o suíço Roger Federer e com apenas dois a menos que o espanhol Rafael Nadal. O sérvio também está a nove vitórias de igualar sua melhor marca do ano – 28 triunfos consecutivos entre março e junho.

Com o vice-campeonato em Xangai, Tsonga ganhou cinco posições e voltou ao décimo posto após 14 meses. Thomaz Bellucci, melhor brasileiro da lista, ganhou uma colocação e agora é 33º, apesar da eliminação na estreia no torneio na China.

Ranking da ATP:

1. Novak Djokovic (SER) 16.785 pontos.

2. Andy Murray (GBR) 8.750.

3. Roger Federer (SUI) 8.430.

4. Stan Wawrinka (SUI) 6.630.

5. Tomas Berdych (RTC) 4.840.

6. Kei Nishikori (JAP) 4.705.

7. Rafael Nadal (ESP) 4.330.

8. David Ferrer (ESP) 3.805.

9. Milos Raonic (CAN) 2.820.

10. Jo-Wilfried Tsonga (FRA) 2.590.

33. Thomaz Bellucci (BRA) 1.170.

144. João Souza (BRA) 396.

146. André Ghem (BRA) 389.

151. Rogério Dutra Sulva (BRA) 376.

168. Guilherme Clezar (BRA) 308

(com agência EFE)