Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Disputa do surfe nos Jogos Olímpicos de Paris-2024 pode ser no Taiti

Teahupoo, conhecida como a 'praia dos crânios quebrados', foi o local escolhido pelos organizadores franceses; decisão tem que ser ratificada pelo COI

Por EFE Atualizado em 13 dez 2019, 12h47 - Publicado em 12 dez 2019, 13h59

O comitê organizador local dos Jogos Olímpicos de Paris-2024 indicou o Taiti como palco preferencial para a competição de surfe, o que ainda precisará ser aprovado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). De acordo os organizadores franceses, o local ideal para a disputa seria a praia de Teahupoo (lê-se Tchôpo), localidade na costa sudoeste do Taiti, a maior ilha da Polinésia Francesa.

A sugestão será avaliada no dia 8 de janeiro, na próxima reunião da Comissão Executiva do COI. O Taiti é um território controlado pela França e seus cidadão são considerados franceses. O surfista Michel Bourez, inclusive, compete pelo país europeu mas é nascido no arquipélago. Esta, porém, não é a primeira vez que uma sede olímpica realiza uma das competições fora de seus domínios nacionais.*

Teahupoo, expressão no dialeto local que pode ser traduzida como “praia dos crânios quebrados”, já sedia anualmente uma etapa da World Surfing League (WSL), o circuito mundial da modalidade, e é considerado um dos principais pontos de surfe do planeta. Até a época da realização dos Jogos, entre julho e agosto de 2024, conspira a favor da escolha: é o período do ano com as melhores ondas na região.

Além do Taiti, também estavam sendo avaliadas quatro outras candidatas, todas no território continental da França: Biarritz, Lacanau, Hossegor-Capbreton-Seignosse e La Torche. Segundo os organizadores, preocupados com o impacto ambiental da realização da Olimpíada, a competição no Taiti representaria uma menor emissão de carbono, já que seriam 1.500 espectadores contra até 15.000 em Biarritz.

O surfe, que fará sua estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem, terá 48 atletas, sendo 24 no masculino e 24 no feminino, com as competições acontecendo nas primeiras semanas dos Jogos de Paris. O comitê local também já definiu a Praça da Concórdia, localizada em um dos extremos da avenida Champs-Élysées, como palco de cinco esportes com o mesmo perfil radical do surfe: skate, BMX freestyle, breakdance, basquete 3×3 e escalada.

*CORREÇÃO: esta matéria continha uma informação imprecisa em uma versão anterior. Pelo equívoco, pedimos desculpas.

Continua após a publicidade
Publicidade