Clique e assine a partir de 9,90/mês

Dirigentes do Santos voltam à Argentina por acerto com Martínez

Por Da Redação - 9 jul 2012, 17h38

Após terem aberto negociações com o Vélez Sarsfield (Argentina) na última segunda-feira pela contratação do atacante Juan Martínez, dirigentes do Santos voltaram ao país vizinho. O vice-presidente do clube, Odílio Rodrigues, acompanhado do superintendente de esportes, Felipe Faro, têm uma reunião agendada para a noite desta segunda com o pai e empresário do jogador, Carlos Martínez, visando conseguir o acerto referente à parte de ‘Burrito ‘na transação.

O valor do salário do avante do ‘Fortín ‘é considerado dentro dos padrões do Peixe e a direção santista pretende chegar a um entendimento referente aos 50% dos direitos econômicos do atleta, que pertencem ao próprio Juan Martínez. O Vélez é detentor da outra metade dos direitos econômicos do atacante.

A cúpula alvinegra pretende acelerar as negociações, para evitar o crescimento de outros concorrentes na disputa. Além de times do futebol europeu, o Atlético-MG e o Corinthians desejam contar com Martínez.

Caso chegue a um entendimento com o jogador, o Santos deve estudar se irá ou não atender ao pedido do Vélez Sarsfield pela liberação de Juan Martínez: US$ 3 milhões (cerca de R$ 6 milhões). Em um primeiro momento, o Peixe ofereceu metade desse valor, em proposta que foi prontamente recusada pelos argentinos. Porém, agora as chances de um acordo são boas.

Continua após a publicidade

Além de Martínez, os santistas negociam a contratação do meia Ariel Cabral, também atleta do ‘Fortín’. O lateral Gino Peruzzi e o meia Augusto Fernandez são outros nomes ligados ao Vélez que estão na mira da equipe da Vila Belmiro.

Publicidade