Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Dirigente do Timão lamenta aposentadoria de Marcos: ‘Ele conquistou a todos’

Por Da Redação 5 jan 2012, 07h16

O Corinthians sofreu com as defesas de Marcos nos confrontos contra o Palmeiras – principalmente na Libertadores de 1999 e 2000 -, mas fez questão de homenagear a carreira do ídolo rival. O gerente de futebol Edu Gaspar exaltou a importância da imagem do arqueiro para o futebol brasileiro.

‘Independentemente de jogar no Palmeiras, o Marcos conseguiu conquistar não só os palmeirenses, é querido por todos. Eu desejo que ele seja feliz, quero agradecer por tudo o que fez’, disse o ex-volante.

Marcos ganhou o respeito dos torcedores de várias equipes por sua simplicidade, simpatia e bom humor. Além disso, o goleiro foi um dos destaques da conquista da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2002, na Coreia do Sul e no Japão.

‘Eu posso considerar o Marcos como um amigo, um ídolo do futebol brasileiro. Nosso país perde figura extraordinária, e vocês (jornalistas) perdem até nas declarações. O Palmeiras também perde, era um cara de grupo’, comentou Edu Gaspar.

A partir de agora, Marcos terá de buscar novas atividades, dentro ou fora do futebol. Edu Gaspar viveu essa realidade recentemente – encerrou a carreira no fim de 2010 – e revela que está feliz com a escolha de integrar a diretoria do Corinthians.

‘Vamos torcer para que o Marcos possa ter uma carreira pós-futebol, que ele encontre seu caminho, como eu encontrei nesse cargo. Ele é inteligente, vai ter ofertas para fazer algo, vai ser feliz, onde estiver. O Marcos deixou um legado bacana pra trás’, encerrou o dirigente do campeão brasileiro.

Continua após a publicidade
Publicidade