Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Dirigente confirma que Milan liberou Thiago Silva para ir às Olimpíadas

Por Da Redação - 23 maio 2012, 12h22

Roma, 23 mai (EFE).- O executivo-chefe do Milan, Adriano Galliani, confirmou nesta quarta-feira que o clube italiano liberou o zagueiro Thiago Silva para defender a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Londres.

‘Thiago pediu e obteve nossa autorização para ir aos Jogos. Avaliamos que é melhor ter um jogador satisfeito do que infeliz’, declarou o dirigente durante um evento de apresentação do novo patrocinador da equipe – uma empresa de biscoitos.

Galliani deu a entender que a liberação foi um agrado para tentar manter o zagueiro no clube, uma tarefa que, afirmou, vai assumir pessoalmente. Thiago Silva, segundo ele, é o jogador do Milan que mais propostas recebe.

‘O assédio verdadeiro é sobre Thiago. Parece que todos os clubes e seus ricos proprietários o querem. Thiago está feliz de continuar no Milan. Tem um contrato até 2016’, declarou.

Publicidade

O dirigente disse também que, na recente visita que fez ao técnico do Manchester City, Roberto Mancini, não falou sobre uma negociação pelo brasileiro.

Por fim, Galliani anunciou que o Milan não vai exercer sua preferência pela compra dos direitos federativos do atacante argentino Maxi López, ex-Grêmio e que foi emprestado pelo Catania em janeiro. EFE

Publicidade