Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Diretor vê Lotus mais orgulhosa do que Williams e Renault em 2011

Ainda sem marcar pontos em dois anos na Fórmula 1, o Team Lotus, que no ano que vem passará a se chamar Caterham, está satisfeito com sua evolução na categoria. De acordo com o diretor-técnico Mike Gascoyne, a equipe tem mais motivos para se sentir orgulhosa do que Williams e Lotus-Renault, que pontuaram no ano, mas não conseguiram desenvolver seus carros com eficiência.

‘Desde o Grande Prêmio de Cingapura, sempre superamos alguma equipe já consolidada. Concordo que foi decepcionante não termos marcado pontos, mas quem tem que ficar mais desapontado, nós ou Williams e Renault?’ , disse o dirigente britânico, que deve manter Heikki Kovalainen e Jarno Trulli como pilotos para 2012.

A expectativa do Team Lotus era andar já no pelotão do meio da Fórmula 1 em 2011, mas o carro iniciou a temporada muito abaixo dos principais rivais. Em relação às outras duas equipes novatas, Virgin e Hispania, o desempenho foi bem superior, deixando-as em um patamar abaixo.

‘Hoje são dez times consolidados na F-1 e dois novatos. Antes eram nove, contra três. Agora nosso objetivo é fazer o que falamos que íamos fazer este ano de forma correta. Este já é um excelente desafio’, disse Gascoyne.