Clique e assine a partir de 9,90/mês

Diretor do Guarani pede afastamento por problemas de saúde

Por Da Redação - 10 jul 2012, 14h03

No início desta semana, o diretor de futebol do Guarani, Cláudio Corrente descobriu um problema cardiológico e, após uma orientação médica, pediu o seu afastamento provisório das atividades no clube. Corrente irá realizar mais exames nesta terça-feira para descobrir qual será o procedimento a ser feito. Agora, Roberto Constantino, diretor adjunto, assume as funções de Corrente.

‘Eu tenho um grande histórico familiar. Estive fazendo uma imagem do coração e apareceu um pequeno coágulo, mas já estou me cuidando e, se Deus quiser, nós vamos saber nesta terça-feira qual o procedimento necessário e se ele é cirúrgico ou por medicação’, disse Corrente em entrevista à Rádio Central, de Campinas (SP).

Corrente lamentou o seu afastamento, mas assegurou que o Bugre está em boas mãos. ‘Não queria me afastar, mas é uma orientação médica. O Guarani está muito bem amparado. Os jogadores têm um carinho muito grande por mim e eu por eles. Eles me ligaram dando apoio e eu tenho a certeza de que o clube vai andar sem a minha presença. Vou estar acompanhando o Guarani’, concluiu Corrente.

Publicidade