Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Dilma inaugura mais um estádio, a Arena Pernambuco

Primeiro jogo profissional será na quarta, entre Náutico e Sporting de Lisboa

Por Da Redação 20 Maio 2013, 17h54

Os estádios já inaugurados

Castelão (Fortaleza)

Mineirão (Belo Horizonte)

Fonte Nova (Salvador)

Maracanã (Rio de Janeiro)

Mané Garrincha (Brasília)

Se na política a presidente Dilma Rouseff e o governador pernambucano, Eduardo Campos, andam às turras, ao menos no futebol eles se entenderam nesta segunda-feira, no evento de inauguração da Arena Pernambuco, um dos seis estádios da Copa das Confederações. Campos se preparava para cobrar um pênalti no ministro do Esporte, Aldo Rebelo, que até tirou o paletó para fazer a defesa, mas preferiu tocar a bola para a presidente, que marcou o gol – Aldo, obviamente, nem se mexeu para tentar a defesa. Antes, a presidente chegou a tirar seu sapato para sentir o gramado, deu o pontapé inicial do novo estádio, que recebeu uma pelada entre operários.

Leia também:

Cervejaria terá os naming rights da Arena Pernambuco

Balotelli, o indomável: um craque em estado bruto na Copa

Espanha terá o goleiro Casillas na Copa da Confederações

Continua após a publicidade

CBF adia apresentação da seleção brasileira

Nesta quarta-feira, o Náutico recebe o Sporting, de Lisboa, no primeiro jogo entre profissionais da arena, construída na cidade de São Lourenço da Mata, na região metropolitana de Recife, com capacidade para 44.248 torcedores.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

A tabela da Copa das Confederações

GRUPO A

  • Brasil
  • Japão
  • México
  • Itália

GRUPO B

  • Espanha
  • Uruguai
  • Taiti
  • Nigéria

FASE DE GRUPOS

  • 15 de junho 16:00
    • Brasil
    • Japão

    Brasília Estádio Nacional

  • 16 de junho 16:00
    • México
    • Itália

    Rio de Janeiro Estádio do Maracanã

  • 19 de junho 16:00
    • Brasil
    • México

    Fortaleza Castelão

  • 19 de junho 19:00
    • Japão
    • Itália

    Recife Arena Pernambuco

  • 22 de junho 16:00
    • Japão
    • México

    Belo Horizonte Estádio Mineirão

  • 22 de junho 16:00
    • Itália
    • Brasil

    Salvador Arena Fonte Nova

  • 16 de junho 19:00
    • Espanha
    • Uruguai

    Recife Arena Pernambuco

  • 17 de junho 16:00
    • Taiti
    • Nigéria

    Belo Horizonte Estádio Mineiro

  • 20 de junho 16:00
    • Espanha
    • Taiti

    Rio de Janeiro Estádio do Maracanã

  • 20 de junho 19:00
    • Uruguai
    • Nigéria

    Salvador Arena Fonte Nova

  • 23 de junho 16:00
    • Uruguai
    • Taiti

    Recife Arena Pernambuco

  • 23 de junho 16:00
    • Nigéria
    • Espanha

    Fortaleza Estádio Castelão

SEMIFINAL

  • 26 de junho 16:00
    • Primeiro do grupo A
    • Segundo do grupo B

    Belo Horizonte Estádio Mineirão

  • 27 de junho 16:00
    • Primeiro do grupo B
    • Segundo do grupo A

    Fortaleza Estádio Castelão

DISPUTA DE 3° LUGAR

  • 30 de junho 13:00
    • Perdedor da semifinal 1
    • Perdedor da semifinal 2

    Salvador Arena Fonte Nova

FINAL

  • 30 de junho 19:00
    • Vencedor da semifinal 1
    • Vencedor da semifinal 2

    Rio de Janeiro Estádio do Maracanã

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Publicidade