Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Digão espera surpreender Abel Braga para ser titular contra o Boca

Cotado para entrar como titular do Fluminense na partida deste sábado, contra o Nova Iguaçu, o zagueiro Digão espera surpreender o técnico Abel Braga na equipe considerada reserva para garantir uma vaga no time que medirá forças com o Boca Juniors, na outra semana. Mesmo sem criar expectativas com relação a um lugar entre os onze atletas que entrarão em campo no estádio La Bombonera, o defensor traçou metas ambiciosas e sonhou com uma possível participação no confronto.

‘Espero fazer uma grande partida no sábado e, se possível, também entrar no jogo de quarta-feira. Jogar em La Bombonera é muito especial e, além disso, quero buscar meu espaço no time. Tenho trabalhado para isso e acredito que jogar lá, contra o Boca, seria uma oportunidade de ouro para conquistar uma vaga na equipe. Tenho feito o meu melhor e o professor Abel sabe que pode contar comigo’, destacou o zagueiro.

Digão estava em campo no duelo da última quarta-feira, que marcou a estreia do Fluminense na Taça Rio – equivalente ao segundo turno do Campeonato Carioca. No entanto, a atuação do Tricolor durante a partida não foi das melhores, contribuindo para a derrota por 2 a 1 na primeira rodada do torneio estadual

Com o foco voltado para a Libertadores da América, o revés na competição não foi sentido por grande parte do elenco e uma nova participação dos suplentes neste fim de semana foi confirmada por Abel Braga. A intenção da comissão técnica é poupar ao máximo os principais jogadores da equipe, evitando assim que o desgaste físico prejudique a apresentação do clube no torneio continental.

Entretanto, Digão não compartilhou desta visão e pediu para que as atenções sejam voltadas para o Estadual. Ansioso por conquistar novos títulos com a camisa do Fluminense, o defensor quer que o time encare as duas competições com a mesma vontade e busque os resultados positivos que garantirão a classificação da equipe para a próxima fase da Taça Rio.

‘Antes de pensar na Libertadores, precisamos pensar em vencer no Carioca, que é o nosso primeiro objetivo. Viemos de um resultado negativo e precisamos nos recuperar para evitar que aconteça o que aconteceu na Taça Guanabara. Não podemos passar o mesmo sufoco novamente para conquistar a vaga para as semifinais e nem depender da ajuda dos adversários’, finalizou.