Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Destaque no Mogi, Felipe voltará ao Verdão, que busca novo atacante

Por Da Redação 16 abr 2012, 14h41

Vinculado ao Palmeiras, o meia Felipe é um dos destaques do Mogi Mirim, classificado às quartas de final do Campeonato Paulista. Observado pelo técnico Luiz Felipe Scolari, o jogador deverá ser uma das novidades do elenco alviverde, já pensando na equipe que disputará o Brasileirão.

‘O Felipe vai voltar. Ele é nosso e vai receber uma oportunidade’, avisou o treinador, em entrevista à ‘ESPN Brasil’. Revelado nas categorias de base do Verdão, o meia, que também pode atuar como segundo atacante, teve algumas chances na equipe principal em 2009, quando Jorginho era o técnico.

Entre os reforços para 2012, o principal nome foi o de Wesley, que estava no Werder Bremen e chegou ao clube após uma novela que durou cerca de dois meses. Depois de quatro jogos, porém, o meio-campista sofreu uma lesão no joelho direito, que deverá deixá-lo fora dos gramados por cerca de oito meses.

Sem o camisa 87, Scolari revelou que outros jogadores estão sendo analisados. A posição em que o comandante sonha reforçar é o ataque. ‘Quando termina um campeonato, é normal um clube contratar. As mudanças acontecem. Com a lesão do Wesley, vamos contratar mais um atacante. A gente já está observando alguns jogadores’, acrescentou.

Apesar do desejo do pentacampeão mundial, o gerente de futebol do clube, Cesar Sampaio, trata com cautela sobre possíveis reforços. Diante do esforço que o clube teve para trazer Wesley, o ex-jogador disse que o Palmeiras não tem condições de buscar um reforço por conta própria e comparou o técnico a seus filhos, que fazem muitos pedidos, nem sempre atendidos por ele.

Roberto Frizzo, vice-presidente de futebol do clube, fez coro ao discurso de Sampaio, citando o ‘equilibrado grupo’ do Verdão. De acordo com ele, novas peças serão analisadas apenas após o fim do Estadual. ‘Só vou trazer atletas que tenham condições de chegar e vestir a camisa do Palmeiras’, dissera o dirigente na última semana.

Continua após a publicidade

Publicidade