Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Destaque da NBA, Chris Paul afirma que chorava por ser baixinho

Uma das principais estrelas do basquete norte-americano, o armador Chris Paul nem sempre teve facilidade em sua carreira. Em entrevista divulgada pelo jornal espanhol ‘Marca’ nesta segunda-feira, o atleta dos Los Angeles Clippers revelou que em sua infância, chorou em diversas oportunidades por causa de sua altura.

‘Era baixinho quando era criança, mais do que agora. Apesar de não ter crescido muito, cresci o suficiente. Quando era criança, ser pequeno era algo que me matava e eu não parava de chorar. Chorava e rezava todas as noites para que Deus me deixasse crescer para tocar a tabela. Acho que a primeira vez que consegui tocá-la foi no instituto’, destacou Paul, que, aos 27 anos, mede 1,83m.

Além disso, o armador afirmou que não era um dos atletas preferidos de seu treinador durante a infância. Natural de Lewisville, na Carolina do Norte, o atleta enalteceu o papel de seu pai em sua formação como jogador de basquete.

‘Quando criança, não jogava na equipe, o treinador não me colocava, mas meu pai nunca deixou que eu jogasse a toalha. Agora, estou disfrutando desta viagem. Não foi fácil, meus amigos iam às festas e eu ia treinar’, disse o atleta antes de enaltecer seu pai. ‘Tive uma ótima educação. Durante a semana, não me deixava jogar videogame e me obrigava a fazer os deveres. Logo depois, ia para rua jogar’, completou.

Por último, Chris Paul, que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, comentou sobre as chances dos Estados Unidos na Olimpíada de Londres. Desejando subir novamente no lugar mais alto do pódio, o armador ressaltou que os atletas norte-americanos estão prontos e que a Espanha, vice-campeã em Pequim, será um adversário difícil.

‘A Espanha tem um grande time, já nos causou grandes dificuldades em Pequim. Infelizmente, para eles, não poderão contar com Ricky (Rubio), mas tem uma qualidade incrível com Pau e Marc Gasol, Navarro, Ibaka e Calderón’, encerrou Paul, lembrando da lesão de Ricky Rubio, que está fora da competição em território britânico.